Dúvidas do Facebook: Obesidade. Você sabe quais são os riscos e como tratar?

Marlise Brandt Moraes Ola Dr. Rondó, boa tarde!! Li outro dia sobre os beneficios do oleo de coco, inclusive tomei e ainda tenho para tomar, tbem enviei para minha filha que esta na Suiça. Mas nao notei diferença nenhuma muito pelo contrario, meu peso e minha fome aumentaram. Esta semana assistindo o programa da Fatima Bernardes, depareime com os maleficios do oleo de coco. Como conviver e digerir propagandas enganosas e prejudiciai a saude que uns falam maravilhas e outros detonam. Gostaria de saber sua opiniao que será de suma importancia. Grata Marlise.Dr Rondó: Marlise, o que você tem ouvido falar sobre o Óleo de Coco não tem sentido algum! Não consigo entender o porquê de tanta informação desencontrada. Sugiro a você que visite meu site www.drrondo.com e pesquise sobre o Óleo de Coco. Lá você vai encontrar todas as respostas que precisa. Inclusive, escrevi também um livro sobre o assunto que conta com uma bibliografia científica riquíssima e extremamente séria. Fato é que não existe nenhum estudo sério que comprove os malefícios do Óleo de Coco. Muito se fala, mas não se apresenta nada. Outro ponto importante e que deve sempre ser levado em consideração é a qualidade do Óleo de Coco que você está consumindo, pois há muito produto “batizado” no mercado, o que certamente não trará resultado algum. Procure pelo Óleo de Coco extravirgem. Um nome que tenho indicado bastante é Coconut Oil, que você encontra no site da Polishop. Fico à sua disposição para qualquer dúvida! Super Saúde!

Dúvidas gerais do Facebook

Esse é mais um artigo da série de dúvidas dos fãs da página do Dr Rondó no Facebook. Hoje temos perguntas em geral, com tema livre! 

Cuidado com os adoçantes! Você pode estar destruindo o seu sistema imune como se estivesse ingerindo inseticida

Para começarmos nossa conversa, deixo aqui um alerta. Estudos têm apontado uma evidência significativa da prevalência de síndrome do cólon inflamado em países como os Estados Unidos, Inglaterra e outros do norte europeu. Uma avaliação recente observou ainda que esta síndrome tem apresentando um aumento repentino também no Brasil.Mas, por que será que isso está acontecendo?

Dúvidas do Facebook: Hipertensão! Você sabe como evitar?

Neide F Dos Santos PRECISO SABER COMO COMEÇA A HIPERTENSÃO POSSO TER E Ñ SEI VC ME AJUDA OBRIGADA AGUARDO RESPOSTA .Dr. Rondó: Neide, um dos maiores vilões geradores de hipertensão atualmente é o excesso do consumo de frutose. Por isso, convido você a acessar o meu site (www.drrondo.com) e pesquisar sobre Hipertensão, Frutose, Sal e o Mito das Calorias. Lá você encontrará todas as respostas que precisa. Super Saúde!

Dúvidas do Facebook: Você sabe como prevenir e se livrar da Acidez Estomacal?

Cristiane Yamada dr. eu tomo hidroxido de aluminio oiu como tomate .é bom ????Dr. Rondó: Cristiane, antes de tudo o correto é saber se você tem falta de ácidos que permitam a digestão ou o excesso deles. Normalmente o que ocorrerá é a falta desses alimentos e nesse caso o antiácido não é a sua melhor escolha. Super Saúde!

Dúvidas do Facebook: Alzheimer. Existe cura e/ou prevenção?

Conceição Tavares: Como devemos lidar com os portadores desse mal??? Principalmente com relação a alimentação.Dr. Rondó: Conceição, esse é mesmo um tema bastante delicado. Por isso, visite o meu site (www.drrondo.com) e pesquise sobre Alzheimer. Você encontrará a resposta para todas as suas dúvidas. Super Saúde!

Pode apostar: óleo de coco melhora a sua função cerebral!

Cada parte do nosso organismo depende de um tipo de combustível para garantir o seu pleno funcionamento. Algumas são capazes de produzir o seu próprio combustível, como é o caso do nosso cérebro. Mas é importante prestarmos muita atenção nos detalhes desta produção para que possamos garantir mais saúde e qualidade de vida.Um dos principais combustíveis que o nosso cérebro precisa é a glicose que é convertida em energia. O cérebro é capaz de produzir sua própria insulina para converter a glicose na circulação em alimento necessário para a sobrevivência.

Saiba como proteger as pessoas que você ama dos agressores número 1 da saúde

É estranho imaginar, mas enganam-se as pessoas que ainda pensam que a maior preocupação em termos clínicos hoje em dia são as doenças cardiovasculares e o câncer. Para a nossa surpresa, os germes estão no top das preocupações mais uma vez, como afirmou a American Medical Association em recente conferência.Cada vez mais pacientes que estão nos hospitais para tratamento de outras doenças estão morrendo de Pneumonia Bacteriana, um tipo de infecção que os antibióticos não dão conta de controlar. Infelizmente, a Tuberculose também retornou na América em cepas resistentes às drogas.




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link