Calvicíe precoce cuidado com ela

Perda de cabelos em homens jovens sugere problemas de saúde.

Quem diria! Uma inocente calvície precoce, como é classificada a queda acentuada de cabelos que se inicia antes dos 35 anos, pode indicar risco de problemas cardiovasculares. A associação entre uma coisa e outra já está estabelecida, embora ainda não se saiba por que isso acontece. Mas ainda há mais: estudos mostram que a calvície precoce pode ser também um sinal clínico de quem apresenta um quadro de resistência à insulina. Assim, precisa ser considerada com cuidado por quem deseja preservar a saúde.

RESULTADOS EXPRESSIVOS

Uma das pesquisas mais atuais avaliou 154 indivíduos com calvície precoce, entre 19 e 50 anos, comparados a um grupo de controle, e a associaçõe da resistência à insulina com fatores de risco foram claras. Os calvos apresentavam obesidade moderada 2 vezes maior, enquanto a obesidade severa era cerca de 150% maior. Além disso, eles usavam cerca de 4 vezes mais remédios para controle de colesterol e cerca de 2 vezes mais remédios para combater a pressão ou para controlar o diabetes. Lembre-se: a resistência à insulina causa aumento de açúcar no sangue, obesidade, taxas elevadas de colesterol, de triglicérides e de pressão arterial. E já sabemos onde tudo isso vai dar…

MERCADOR DE RESPEITO

Questiona-se o quanto essas distorções surgem apenas de um mecanismo fisiológico ou atuam efetivamente na queda precoce de cabelos. No segundo caso, são indícios eloqüentes de resistência à insulina e sugerem que os calvos precoces se submetam a exames para avaliar sua insulino-resistência e outros fatores de riscos cardiovasculares.

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link