Alimentação

Banana: É Realmente um Bom Alimento?

A banana é uma das frutas mais populares do mundo, sendo a segunda mais consumida no planeta. No Brasil, ela está em primeiro lugar, e aqui são produzidas 7 milhões de toneladas por ano. Mas essa história começou na Malásia, onde a fruta surgiu. E por incrível que pareça, até cerca de 100 anos atrás ela era pouco conhecida na América e na Europa…

A banana contém:

  • Antioxidantes, flavonóides e polifenóis, como luteína, zeaxantina e betacaroteno.
  • Alta concentração de vitaminas B6 e C.
  • Rica em potássio, com cerca de 476 mg por banana.
  • Possui pouco sódio, com cerca de 1 mg por fruta.
  • Abundante em fibras, magnésio, manganês e cálcio.

Benefícios da banana

Com esse time de vitaminas, minerais e antioxidantes, a banana pode ser uma aliada da sua saúde em diferentes aspectos. A nível digestivo, ela é conhecida por aliviar desconforto gástrico e queimação gastroesofágica.

A vitamina B6, presente na fruta, age melhorando a ação do magnésio – que também se encontra aqui – o que pode ser uma boa pedida se você sofre com enxaquecas. Essa vitamina também potencializa as funções do seu cérebro e ajuda na redução do estresse.

A banana também é comprovadamente a fruta que mais reduz o risco de carcinoma de células renais e protege contra outros tipos de câncer e doença cardiovascular. Um último detalhe é fonte de prolina, um aminoácido que junto com a glicina ajuda seu corpo a produzir colágeno. Ufa, é realmente muita coisa!

Cuidados no consumo de banana

Um cuidado que você deve ter com relação ao consumo de banana é evitá-la em excesso. Ela é rica em frutose, o que pode prejudicar sua sensibilidade à insulina e comprometer sua saúde.

Outra dica interessante e curiosa: o processo de digestão da banana libera um óleo que atrai mosquitos. Portanto, principalmente durante o verão, caso você esteja fugindo desses bichinhos irritantes, talvez seja uma boa ideia evitar. Isso é mais importante em casos de surtos de doenças como dengue e febre amarela.

Observando tudo isso, só lhe resta aproveitar. Uma ideia interessante é usá-la em smoothies verdes, onde dá um sabor adocicado natural e uma consistência deliciosa. Confira aqui as receitas e se delicie!

Referências bibliográficas:

  • CNA – Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil.
  • Muito Além dos Superalimentos: Mude sua Vida com Supernutrientes
  • J Neural Transm (Vienna). 2012 May;119(5):575-9
  • The Pharmaceutical Press, 1996
  • Haworth Herbal Press, 1993
  • John Wiley& Sons, 1996
  • Medical Economics Company, Inc., 1998
  • ArchInt Med 1998;158(20):2200-11
  • Pediatr Rev 2000;21(2):44-57
  • Worlds Healthiest Foods, Vitamin B6
  • Self Nutrition Data, Nutritional Yeast
  • Nutrition Facts June 10, 2015
  • Phytother Res. 2014 March;28(3):412-5
  • The Douglas Report. Jan 2015, vol. 14 nº9
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *