Dieta

Bactérias Intestinais Ruins Interferem na Sua Perda de Peso

Eu sinceramente fico satisfeito em ver como a medicina tem evoluído, preocupando-se com a prevenção e melhora de condição de vida das pessoas. É a ciência quem tem mostrado esse caminho, inclusive com relação à perda de peso.

Se você acompanha os artigos aqui do site, verá que sempre comento o quanto ter uma boa flora intestinal é importante para manter a sua saúde. E a cada dia, novas pesquisas confirmam essa ideia.

E por que ela é tão interessante? Porque age diretamente no que importa: na causa primária do problema, e não apenas nos sintomas e consequências.

Veja só: conhece alguém que, por mais que se esforce, não consegue melhorar a perda de peso? Que se alimenta com o que acredita ser saudável, mas mesmo assim não emagrece? Tenho certeza que sim, e talvez seja você mesmo que está passando por isso.

A causa, como comentei anteriormente, é o principal fator que deve ser investigado. E ter bactérias intestinais ruins pode estar na raiz do problema.

Em uma pesquisa recente da Mayo Clinic, os cientistas compararam pessoas que tinham facilidade e dificuldade de ganhar peso. Eles descobriram que cada grupo tinha diferentes bactérias intestinais.

No estudo em questão, identificou-se que a bactéria Phascolarctobacterium estaria associada à perda de peso, enquanto a bactéria Dialister, à dificuldade de alcançar esse objetivo. Segundo a pesquisa, a questão estaria relacionada a como essas bactérias usam os carboidratos que consumimos.

Isso não é uma surpresa. Ter as bactérias intestinais certas é sua primeira defesa contra doenças, além de te afastar da inflamação silenciosa, o grande causador de doenças crônicas do mundo moderno.

Como ter as bactérias certas para perda de peso

O primeiro passo é cuidar da sua alimentação. Evite ao máximo carboidratos e foque em proteínas e gorduras naturais boas, como carnes, leite e manteiga de animais criados a pasto, azeite de oliva e óleo de coco.

Consuma também vegetais, que são fontes de fibras – os principais alimentos dessas bactérias boas, ajudando-as a proliferarem. Lembre-se: quando você come muita gordura hidrogenada e açúcares, são as bactérias ruins que são alimentadas. E você, certamente, não quer isso!

Para turbinar ainda mais essa ecologia intestinal benéfica, aposte em alimentos fermentados, como natto, algas marinhas, kombu, arame, nori,  wakame, chucrute, iogurte, lassi, kéfir, creme azedo, conservas de cenouras, pepinos, repolho, abóbora, berinjelas, nabos e cebolas. Suplementos probióticos também são uma excelente opção. Converse com seu médico sobre eles!

Então, quando o assunto é perda de peso, lembre-se: ter uma boa flora intestinal é fundamental. Junto com atividades físicas e uma alimentação correta, ela vai te ajudar a alcançar os seus objetivos e ter uma Supersaúde!

Referências bibliográficas:

  • Mayo Clinic Proceedings , Volume 93 , Issue 8 , 1104 – 1110
  • Nutrients.2015.
  • Curr. Allergy Asthma Rep. 2016 Feb.
  • Gut. 2014 Dec.
  • Med Sci Sports Exerc.2017 Nov 20
  • B J Nutr, 1998;80(Suppl. 2):S203-S207
  • J Nutr Biochem, December, 1998;9(12):668-675. 31711-
  • Allergy, 2001;56(Suppl. 67):125-126
  • Am J Clin Nutr, 2001;73(Suppl.):1142S-1146S
  • J Am Diet Assoc, February 2001;101(2):229-238, 241.
  • Am J Clin Nutr. 2001 Dec;74(6):833-9.
  • IMAJ, May 2002;4:353-356
  • Eur J Pharmaceut Sci, 2002;15:1-9
  • The American Journal of Clinical Nutrition, March 2008;87(3):534-538
  • The British Journal of Nutrition July 2010;104(2):227-32
  • Neurogastroenterology and Motility, March 2011: 23(3); 255-e119
  • Human Microbiome Project May 14, 2012
  • Health and Disease Begin in theColon – Serge Jurasunas. 2016
  • Livro 20 minutos e Emagreça. Editora Gaia
  • https://www.drrondo.com/como-corrigir-ecologia-intestinal-rapidamente/
  • https://www.drrondo.com/bacterias-boas-aliadas-saude/
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *