Dr. Rondó

Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

A ligação chocante entre o exercício e a doença cardíaca

Choca-me que pessoas que levam vidas preguiçosas e sedentárias, resolvam, de repente, suar em uma academia achando que isso irá subitamente torná-las saudáveis e em forma.As coisas não funcionam assim! E um novo estudo publicado no British Journal of Sports Medicine comprova exatamente isso. Os pesquisadores descobriram que nenhuma quantidade de exercício pode contrapor os efeitos negativos de ser inativo demais.

Você tem sua pressão arterial sob controle?

A hipertensão arterial é um problema muito sério, sendo possivelmente o segundo maior inimigo da saúde pública. Isso porque, 40% das pessoas têm o problema e não sabem. É muito frequente vermos indivíduos fazendo uso de medicação para a pressão, mas ainda sim não tendo o controle sob a mesma.Talvez você não saiba, mas não é a hipertensão arterial que provoca a doença cardíaca. Muito pelo contrário. É a doença cardíaca que leva o indivíduo a ter problemas de hipertensão.

Você precisa é das gorduras certas!

Gorduras e seu cérebroTalvez você não saiba, mas sessenta por cento do seu cérebro é composto por gordura. E dessa composição, fazem parte os fosfolipídios, que contêm 50% de gordura saturada ajudando na saúde cerebral.

Por que a massa e não a gordura é o que faz engordar?

Mesmo atualmente quando a loucura por alimentação sem gordura começa a diminuir, ainda há pessoas confusas com o que seriam as gorduras boas para a saúde.É importante que você saiba consumir gordura não vai fazer você engordar como ocorre quando se consome carboidrato. Isso é o principal que você precisa entender. Ok?

Doença cardíaca pode estar ligada ao consumo de alimento enlatado

Estudo recente confirmou que humanos com alta concentração do químico bisphenol A (BPA) na urina podem ter um aumento de risco de doença cardíaca.Os pesquisadores observaram uma alta correlação entre a exposição ao BPA (através de alta concentração urinária) e a incidência de doença coronariana em período de dez anos de seguimento, mostrando um resultado similar ao de outro estudo publicado em 2010.

A efetividade da Aspirina pode estar em xeque

Estudos científicos têm falhado em provar que doses baixas de Aspirina oferecem proteção segura e efetiva contra doença cardiovascular, apesar da grande utilização pelos médicos. Muitos estudos apontam mais mal do que bem.Cerca de 10 anos atrás, o doutor John G. L. Cleland, um cardiologista da Universidade de Hull, na Inglaterra, escreveu um artigo publicado no British Journal of Medicine colocando em dúvida a eficiência da Aspirina na prevenção de ataques cardíacos. Para isso, o doutor Cleland baseou-se em uma série de metas-análises com segmento de mais de 100 mil pacientes de alto risco de doença cardíaca, onde observou que a terapia com Aspirina não apontava o salvamento de vidas.

Você já parou para pensar no que acontece quando anda descalço?

Em geral, a nossa pele é uma boa condutora. Mas, uma parte em especial, é bem mais potente nesse processo de condução e está localizada bem no meio da bola do nosso pé. Essa parte da nossa pele e é chamada pelos acupunturistas como Rim 1 (K1). Esse é um ponto bem conhecido que se conecta com todos os meridianos de acupuntura e essencialmente a todos os cantos do nosso corpo.Diante disso, um dado interessante a ser avaliado é o de que a falta de caminhar descalço está ligado ao aumento de doenças da modernidade, uma vez que o uso constante dos calçados com solas de borracha contribuem para o aumento dessas doenças pela proliferação da inflamação crônica, que gera a produção excessiva de radicais livres.

Você quer manter sua mente clara conforme vai envelhecendo? Então, você precisa de vitamina B12!

De acordo com as últimas pesquisas pessoas com deficiência de vitamina B12 apresentam resultados inferiores em testes de avaliação cognitiva e têm volume cerebral menor, sugerindo que a deficiência dessa vitamina possa levar à atrofia cerebral.Esse assunto é muito importante pelo fato da vitamina B12 ser deficiente de modo geral e difícil de avaliar, pois os marcadores são inadequados e não refletem a realidade. Eles só avaliam a vitamina B12 em nível sanguíneo e não a concentração de todos os marcadores relacionados com vitamina B12, que são os que estão associados à função cognitiva global e ao volume total do cérebro.

As frutas por serem ricas em frutose são boas ou ruins?

Atualmente, todo alimento industrializado tem em especial frutose e xarope de milho, tornando-se um grande problema para a saúde, uma vez que esse alimento é consumido em número alarmante pela população.É muito importante entender que a fruta contém frutose, apesar de ter um fator menos agravante que é o de também conter vitaminas e antioxidantes que reduzem os efeitos negativos deste açúcar.

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 300 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER
close-link

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER
close-link