Atividade Física: Benefícios Ilimitados para o Coração

Certamente você já sabe que a atividade física gera benefícios e proteção para o seu coração.

A saúde cardiovascular como um todo é positivamente afetada quando nos movemos – além de outros benefícios físicos e psicológicos dos exercícios, é claro.

Mas será que há um “limite” para isso?

Uma pesquisa recente publicada, feita por cientistas da Universidade de Oxford, no Reino Unido, chegou a essa resposta.

Eles usaram os dados de mais de 90 mil voluntários que usaram um acelerômetro (aparelho que mede a quantidade de atividade física) durante 7 dias.

Com os resultados, foi possível separá-los em 4 grupos, do menos ao mais ativo.

E quanto mais exercícios essas pessoas faziam, menor o risco de problemas cardiovasculares.

E mais… Não há um limite para essa prevenção, ou seja, nos níveis mais altos da atividade, nem se conseguiu estabelecer o alcance dessa relação.

Não se conseguiu descobrir, portanto, um “teto” para o fator protetor quando você pratica atividades físicas intensas.

“Este é o maior estudo já feito de atividades físicas e doenças cardiovasculares mensuradas por dispositivos requintados. Mostra que essa atividade física é provavelmente ainda mais importante para a prevenção de doenças cardiovasculares do que pensávamos anteriormente. 

Nossos resultados reforçam as novas diretrizes da OMS sobre atividade física, que recomendam pelo menos 150 a 300 minutos de atividade aeróbica moderada a vigorosa por semana para todos os adultos”, comenta o professor Aiden Doherty, da Universidade de Oxford.

Essa é mais uma confirmação de que mexer é fundamental para o coração.

E mesmo que você não seja um triatleta, pode fazer alguma atividade e usufruir dos benefícios para a saúde!

Algumas dicas de atividade física para uma Supersaúde

1 – Faça exercício supra aeróbico

Uma ótima opção de atividade física é o exercício supra aeróbico, que descrevo com mais detalhes no meu e-book “Jejum prolongado”.

Nessa atividade, você se exercita em alta intensidade de forma intervalada, em apenas 20 minutos.

Além de ajudar a emagrecer, ele melhora a saúde cardiovascular e ajuda a ganhar músculos.

As pesquisas indicam que o exercício supra aeróbico pode aumentar o fator de crescimento muscular até 2000% em homens e 1300% em mulheres.

2 – Mantenha a constância

Não adianta praticar atividades físicas uma vez ou outra.

O ideal é manter o ritmo, com disciplina. Caso contrário, você não vai ver os resultados.

A boa notícia é que com o exercício supra aeróbico, que comentei no item anterior, você só gasta 20 minutos, então sempre haverá um tempinho pra fazer.

3 – Agregue suplementos e outros alimentos naturais

Alguns suplementos e alimentos realmente ajudam na atividade física.

Os estudos mostram que a creatina, por exemplo, pode aumentar a massa muscular, resistência e performance na atividade física, além de gerar outros benefícios de saúde.

Um bom whey protein também ajuda na recuperação muscular e no ganho de massa.

Outra ideia interessante é o óleo de coco, que fornece energia sem mexer na sua sensibilidade à insulina. É melhor quando usado dentro do item a seguir…

4 – Faça uma dieta keto

Essa não é de fato uma dica de atividade física, mas sim uma sugestão para melhorar sua performance.

Quando você faz uma dieta keto, baseada em gorduras naturais boas, vegetais folhosos e proteínas – cortando os carboidratos – vai ter mais energia para os exercícios.

Isso porque seu corpo passa a metabolizar em cima de gorduras, e não dos carboidratos, gerando mais saciedade e ânimo.

É assim que nossos ancestrais se alimentavam nos tempos das cavernas, e por isso é a opção ancestral – e ideal – para a nossa saúde.

Clique aqui para ver diversos artigos sobre a dieta keto e começar a sua.

Agora, vá logo se mover!

Supersaúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *






















                           Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link