Saúde

Ativando suas Células-tronco com uma Dica Simples

Se estamos pensando em retardar ao máximo o processo de envelhecimento, certamente não pode se deixar de pensar em células-tronco.

Elas são as suas reservas de “células de reposição”. Conforme o passar dos anos, vão se tornando cada vez mais importantes, pois se tornam mais necessárias na medida em que as células vão se tornando ineficientes pelas agressões que recebem. O papel das células-tronco é suprir essa deficiência.

Apresentam uma capacidade impressionante de regeneração celular de qualquer órgão, da cabeça aos pés. Porém, elas também não são eternas… Aos poucos, toda essa regeneração vai se tornando inadequada e as células vão perdendo a eficiência das mitocôndrias, abrindo portas para as doenças.

É quando você começa a se sentir cansado, desmotivado e com aparência envelhecida.

Restaurando as células-tronco e as mitocôndrias

Uma simples vitamina do complexo B é a chave para reativar suas células, tornando-as biologicamente mais jovens.

Trata-se da vitamina B3 (niacina, niacinamida ou nicotinamida)…

Isso mais uma vez ficou claro numa publicação da revista Science, aonde os pesquisadores revitalizaram a mitocôndria usando essa vitamina, com resultados impressionantes. Houve regeneração de células-tronco de todo o corpo, resgatando a vitalidade e a jovialidade.

Em outra publicação, com testes em animais, metade da população recebeu vitamina B3 por 4 meses. No final da avaliação, esse grupo tinha mais energia, menos ganho de peso e melhor sensibilidade à insulina. Além disso, correram 33% mais do que os ratos de controle em teste de esteira.  

Como a vitamina B3 funciona?

Na dinâmica bioquímica de cada célula do seu corpo, a vitamina B3 é decomposta em uma molécula chamada nicotinamida adenina dinucleotide (NAD +).

Essa molécula colabora na transformação do alimento em energia a nível mitocondrial. Porém, com o passar dos anos, os níveis de NAD + diminuem e consequentemente haverá disfunção mitocondrial, com perdas de energia e da habilidade de regeneração de suas células-tronco.

Com isso, aumentam os riscos de:

  • fadiga muscular
  • gordura visceral
  • resistência à insulina
  • cirrose hepática não alcoólica
  • inflamação vascular
  • declínio cognitivo

Como recuperar o NAD +

  1. Jejum intermitente cíclico
  2. Suplementação de vitamina B3      

Com isso, se recupera a perda energética celular e reativam-se as suas células-tronco. Além disso, a vitamina é um poderoso antioxidante, influenciando mais de 50 funções bioquímicas.

Encontrada especialmente em carnes de gado, frango e ovos de animais criados a pasto, além de salmão e atum selvagens. Nos vegetais, está presente também nas folhas verdes, beterraba, ervilhas, feijões, amendoim e nozes.

Outra opção é um suplemento de vitamina B3, que deve ser na forma “No Flush” ou seja, que não causem vermelhidão e coceira. Caso contrário, você vai ter essas reações desconfortáveis, mas nada serias. A literatura demonstra bons resultados com 500 mg 2 vezes ao dia.

É por isso que as vitaminas são tão importantes. Um simples detalhe, mas que faz toda a diferença!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *