Prevenção

Até as Moscas Tomam Probióticos! E Você, Vai Ficar Parado?

Deixa eu te fazer uma pergunta… Você já pensou em usar probióticos? Se não, sinto muito informar que sua saúde pode estar em risco! Usá-los vai garantir que tenha boas bactérias nos seus intestinos, o que protege de várias doenças e garante a melhor nutrição.

Quer uma prova de como esse tipo de alimento é importante? É só olhar como a natureza é sábia! Recentemente, pesquisadores do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC), em Portugal, descobriram que as drosófilas – aquela pequenas moscas das frutas – “produzem” seus próprios probióticos.

Assim como você deveria fazer, as moscas adquirem a maior parte das bactérias boas para seus intestinos na alimentação. O que os cientistas descobriram é que essas mosquinhas, quando estão na natureza, transmitem as bactérias para o ambiente para que suas proles as consumam depois.

Segundo a pesquisadora Inês Pais, “A mosca da fruta pratica uma forma de agricultura. Ela transporta consigo as bactérias que são semeadas no local onde a próxima geração vai crescer e se alimentar. Assim, a nova geração de moscas adquire todos os benefícios associados a estas bactérias para o seu desenvolvimento e fertilidade”.

Seja como as moscas: tome probióticos

Pois é, meu amigo! O puro instinto de conservação fez a espécie entender o quanto é importante consumir alimentos com bactérias boas. Nós, que certamente temos um cérebro bem maior e a capacidade de refletir, temos a obrigação de compreender isso!

Os melhores alimentos probióticos que você pode conseguir são, em primeiro lugar, os alimentos crus: leite, queijo e iogurte que não passaram por pasteurização – desde que produzidos com responsabilidade – estão repletos de bactérias boas.

Com relação aos suplementos probióticos, procure suplementos tanto com Lactobacilos (como a Lactobacilus. acidophilus) quanto a Bifidobacterium (como a B. bifidum) e Lactobacilusrhamnosus. Você também precisará consumir vitaminas que potencializam sua ação, como as vitaminas D, E, K e B12 e sais minerais como selênio, cálcio, magnésio e zinco.

Não se esqueça também dos prebióticos, como alimentos que contêm fibras. Eles ajudarão as bactérias boas a crescerem saudáveis e felizes, ajudando a sua saúde.

Por fim, sempre é bom lembrar: evite alimentos processados, refinados e com excesso de carboidratos. Eles são ruins para sua flora intestinal e causam o efeito contrário, aumentando bactérias nocivas que vão lhe prejudicar. Ter uma Supersaúde só depende da sua atitude!

Referências bilbiográficas:

  • Pais, I.S., Valente, R.S., Sporniak, M., Teixeira, L. Drosophila melanogaster establishes a species-specific mutualistic interaction with stable gut-colonizing bacteria. PLoS Biol. 2018 Jul 5;16(7):e2005710
  • B J Nutr, 1998;80(Suppl. 2):S203-S207
  • J Nutr Biochem, December, 1998;9(12):668-675. 31711-
  • Allergy, 2001;56(Suppl. 67):125-126
  • Am J Clin Nutr, 2001;73(Suppl.):1142S-1146S
  • J Am Diet Assoc, February 2001;101(2):229-238, 241.
  • Am J Clin Nutr. 2001 Dec;74(6):833-9.
  • IMAJ, May 2002;4:353-356
  • Eur J PharmaceutSci, 2002;15:1-9
  • The American Journal of Clinical Nutrition, March 2008;87(3):534-538
  • The British Journal of Nutrition July 2010;104(2):227-32
  • Neurogastroenterology and Motility, March 2011: 23(3); 255-e119.
  • Human Microbiome Project May 14, 2012.
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

2 Comments

  1. Gostei muito das dicas sou adepto aos fitoterapicos e aos oito remedios naturais e Deus como minha inspiracao sou palestrante neste seguimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *