Saúde

Aproveite o Sol sem Culpa!

Apesar de você SEMPRE ter ouvido que o sol é seu inimigo mortal, saiba que sem ele nós não estaríamos aqui…

Afinal, a humanidade evoluiu ao sol e não a sombra.

As orientações são para que você fique fora do sol, e se sair querem que cubra sua pele com protetores solares tóxicos.

Pois é, essa campanha que já dura 30 anos tem sido muito bem sucedida. Tão bem sucedida, na verdade, que as pessoas estão morrendo em taxas cada vez mais altas.

Entenda por que…

Com essa disseminação do medo do sol, chegou-se a níveis criticamente baixos desta vitamina, pois seu corpo só produz vitamina D quando os raios ultravioleta B atingem sua pele.

Essa epidemia de baixos níveis de vitamina D, segundo uma nova revisão clínica, mostra que quase um bilhão de pessoas em todo o mundo estão nessa condição.

E a baixa vitamina D promove um caminho infalível para doenças crônicas e uma morte prematura.

Por outro lado, quanto mais vitamina D você produz dos raios solares UVB, menores são suas chances de morrer de câncer.

Segundo pesquisadores de 10 Instituições Americanas, entre as quais Cambridge, Oxford e Harvard, níveis baixos de vitamina D são responsáveis ​​por quase 13% das mortes nos EUA.

Porém, quando você aumenta a vitamina D, as taxas de mortalidade caem 11%.

Já em relação as doenças cardiovasculares, descobriu-se que 96% das pessoas que tiveram ataques cardíacos eram deficientes em vitamina D.

O motivo? Falta de sol!

O principal deles é que os humanos modernos simplesmente não passam tempo suficiente ao sol como nossos ancestrais, que não tinham medo de sair. Na verdade, o sol sempre foi considerado como uma fonte de vida.

Além do mais, usamos sempre muitas roupas e vivemos a maior parte do nosso tempo em ambientes fechados como casa, escritório e shopping center.

Portanto, é importante que você saia ao sol por 20 minutos todos os dias sem protetor solar.

Isso ativa a melanina, um hormônio que é o protetor solar embutido no seu corpo. Quando sua pele é exposta ao sol, produz a melanina. É o que faz sua pele escurecer ou se bronzear.

Dicas para aumentar a vitamina D

1) Se exponha ao sol gradualmente, até no máximo 20 minutos por dia, nos horários entre as 10:00 e as 14:00h. Nesse intervalo é o momento de maior concentração de UVB nos raios solares e que permitem a produção de vitamina D.

Apenas 10 minutos nesse período pode dar-lhe 10.000 UI de vitamina D.

Conforme sua pele começa a se bronzear, você pode gastar mais e mais tempo ao sol. Seu suprimento de melanina age como um protetor solar natural para protegê-lo.

Se você permanecer no sol por mais de 20 minutos, aplique um protetor solar à base de óxido de zinco com adição de vitamina D.

2) Alimentos ricos em vitamina D são salmão, atum, sardinha, carne, laticínios e ovos de animais criados a pasto.

3) Como as pessoas não recebem vitamina D da comida e do sol em quantidade suficiente nessa correria do dia a dia, é aconselhável uma suplementação.

Para determinar suas necessidades, peça ao seu médico um exame de sangue simples para medir os níveis de “25-hidroxivitamina D”. A dosagem que os estudos mais atuais sugerem é manter seus níveis no intervalo de 80 a 100 ng / mL. Então, aproveite o sol!

Referências bibliográficas:

 

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *