Bem-Estar

Antiácidos para Curar Azia ou Ressaca? Cuidado!

Na presença de azia ou desconforto gástrico, ou para curar uma ressaca, muitos recorrem àqueles famosos comprimidos efervescentes de Seltzer.

Parece divertido, mas é melhor você parar de usá-los ou nem começar.

Segundo o Food and Drug Administration (FDA) há uma ligação importante entre antiácidos como o Alka-Seltzer e hemorragias no estômago, podendo levar até a morte.

Entre 1969 e 2014, o FDA observou 41 casos de sangramento GRAVES diretamente ligados a esses antiácidos vendidos sem prescrição médica (OTC).

Isso pode parecer exagero desse órgão, mas é preciso entender que esses casos foram ruins o suficiente para enviar o paciente para o hospital.

E desses, 21 pacientes perderam tanto sangue que precisaram de transfusões!

Pessoas que apresentam maior risco são os idosos, especialmente aqueles com histórico de úlcera estomacal.

O motivo?

É porque os antiácidos mais populares existentes, como o Alka-Seltzer, e muitos outros (incluindo os seus genéricos) – estão cheios de aspirina.

Possivelmente, por recomendação médica, você já tem um esquema diário de uso de aspirina, que por si só, já aumenta esses riscos… E eles acabam sendo potencializados na presença dessas bebidas divertidas e efervescentes para aliviar a dor e o desconforto.

O fato de você já usar aspirina, não significa que mais vai ser melhor.

E a gravidade não para por aí. O uso prolongado de aspirina também tem sido associado ao aumento do risco de acidente vascular cerebral.

Por isso é necessário acompanhar de perto os pacientes que tomam aspirina e mantê-los na dose mais baixa possível.

Como acalmar o seu estômago sem fazê-lo sangrar

1) Vinagre de maçã

Ajuda na produção de ácido hidroclorídrico, um forte aliado da digestão.

É por isso que um pouco de vinagre de maçã antes das refeições ou durante as mesmas pode ajudar a regular essa acidez que vai normalizar a digestão.

Quando se consome vinagre de maçã, você suplementa a acidez gástrica com uma versão menos intensa: o ácido acético.

É seguro, fácil de se usar, e naturalmente o ácido acético pode aliviar os sintomas de indigestão. Além disso, o vinagre de maçã não só estimula eficazmente os sucos digestivos que ajudam o corpo a quebrar os alimentos, mas também contém ácidos saudáveis como o ácido isobutírico, acético, propiônico e lático, que pode controlar o crescimento de fungos indesejáveis e bactérias no estômago e em todo o corpo, melhorando a ecologia intestinal.

O ácido acético em especial estimula a produção de bactérias boas como Lactobacillus e Bifidobacteria no trato digestivo, reduzindo os sintomas da doença gastrointestinal.

O vinagre de maçã também pode ser uma benção para a saúde digestiva, com base nos resultados de um estudo realizado em ratos com colite ulcerativa. A pectina no vinagre de maçã também pode ajudar a aliviar os espasmos intestinais

Modo de usar

– 02 a 03 colheres de sopa de vinagre de maçã em 01 copo de água

Outra opção é associar 01 colher de chá de mel. Não enfatizo esta prática de rotina, pois haverá um aumento de frutose e, como consequência, piora da sua saúde, com alteração da sensibilidade à insulina e ganho de peso.

Aviso importante:

Não se deve usar vinagre de maçã se estiver usando antiácidos, protetores gástricos ou medicações que aceleram a passagem do alimento pelo trato digestivo.

Nestes casos converse com o seu médico.

2) Gengibre

Apresenta efeito anti-inflamatório, além de acelerar a digestão, prevenindo que haja refluxo. Ajuda também a regular a bile e suco gástrico no seu sistema digestivo. Na forma de chá pode fazer maravilhas. Além disso, também fortalece o EIE, evitando que a acidez gástrica volte! Pode ser usado como suplemento.

Fica aqui a receita:

  • Remova a pele de um pedaço de gengibre e corte-o em pequenos pedaços ou fatias.
  • Complete o recipiente com 2 copos de água e ferva.
  • Adicione o gengibre e cubra. Deixe ferver por 10 minutos.

Você pode associar canela para um sabor melhor.

3) Hortelã-pimenta

O ingrediente ativo é o mentol, sendo usado para tratar cólicas e gases. Esse fitoterápico é excelente como chá, e tem efeito calmante imediato no seu estômago. Recomendado também para os pacientes com Síndrome do cólon irritável. Tem efeito antiespasmódico no trato digestivo. Pode ser usado como suplemento.

4) Aloe vera

Essa planta nativa da África tem poderoso efeito anti-inflamatório. Muitos a usam como tratamento tópico para queimaduras de sol, além de irritações de pele. Porém, como bebida, acalma o desconforto do estômago, melhora a digestão e evita o refluxo. Procure um produto orgânico, sem aditivos ou açúcar. Aconselho um copo pela manhã, de estômago vazio, por ao menos 1 mês ou até os sintomas persistirem

5) Ácido hidroclorídrico

Permite a criação de um ambiente no qual o EIE pode sarar. A suplementação com cloridrato de betaína-pepsina pode ajudar a recuperara digestão normal. Mas, lembre-se: o tratamento com ácido clorídrico pode ser perigoso e deve ser usado somente sob orientação médica, caso ele entenda que é o seu caso.

Na verdade, é um tratamento completamente natural e equivale à reposição de algo que está em falta no seu organismo, ao invés de reprimir uma substância essencial.

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *