12 Alimentos Ricos em Zinco para Proteger sua Imunidade

Estamos sempre nos lembrando de certas vitaminas e minerais… Mas esquecendo de outros! O zinco é um deles. O mineral afeta diretamente suas funções neurológica e reprodutiva, e quando não há níveis suficientes no corpo, você pode sofrer com:

  • Problemas de pele;
  • Diarreia;
  • Dificuldade de cicatrização;
  • Queda de cabelo;
  • Alterações no paladar;
  • Falta de apetite;
  • Cegueira noturna;
  • Edema;
  • Distúrbios comportamentais;
  • Opacificação da córnea.

As crianças sem bons níveis de zinco são especialmente afetadas. Como o mineral é muito usado pelo corpo para divisão celular, os pequenos podem ter o crescimento prejudicado caso não consumam alimentos ricos nessa substância.

Em tempos de pandemia, o zinco também pode ajudar. Ele é fundamental para o bom funcionamento das células imunológicas. Num momento em que precisamos ao máximo da nossa imunidade, deixá-lo de lado é um grande erro! Portanto, veja agora em quais alimentos ele está mais presente.

Alimentos ricos em zinco e suas respectivas concentrações

1 – Carne bovina de animais criados a pasto: um dos melhores e mais nutritivos alimentos que você pode consumir. 100 g contém 30% do valor diário necessário de zinco. Além disso, tem ácido linoleico conjugado e melhora o açúcar no sangue.

2 – Cacau: 28 g de cacau em pó contém 13% do valor diário de zinco. Contém também flavonoides antioxidantes, que previnem inflamação e doenças.

3 – Sementes de abóbora: tem bastante concentração de zinco. Uma xícara conta com 44% do valor diário. Vale a pena acrescentar algumas aos seus pratos, pois ajudam homens na saúde da próstata e mulheres nos sintomas da menopausa.

4 – Queijos: ricos em vitaminas e minerais, incluindo o zinco. Meia xícara de queijo ricota, por exemplo, contém 1,4 mg de zinco, o que equivale a 10% do valor diário.

5 – Castanha de caju: 28 g contém 11% do valor diário. Além disso, as castanhas são ricas em gorduras boas, que reduz inflamação, promovem boa função cerebral, ajudam na manutenção do peso e reduzem inflamação.

6 – Cogumelos: 1 xícara conta com 1,4 mg de zinco, 9% do valor diário. Também é um ótimo alimento antioxidante, ajudando na imunidade e na redução de inflamação.

7 – Carne de frango: 100 g contém 7% do valor diário, sendo também fonte de vitaminas importantes como B6, B12, niacina e ácido pantotênico. Assim como no caso da carne bovina, prefira aqueles criados de forma orgânica, ou seja, livres e ciscando em seu habitat natural.

8 – Espinafre: 1 xícara tem 9% do valor diário. Mas há muito mais: o espinafre está repleto de substâncias chamadas carotenoides, que previnem doenças cardíacas e neurodegenerativas, obesidade e diabetes.

9 – Amêndoas: contém um pouco menos que as castanhas de caju, com 6% do valor diário de zinco em 28 g. Ainda assim, são uma boa pedida por terem também vitamina E e outros minerais, como magnésio e manganês.

10 – Abacate: um abacate contém 8% do valor diário. Além disso, tem muitas gorduras boas e nutrientes essenciais, devendo ser sempre parte da sua dieta.

11 – Carne de cordeiro: uma das melhores fontes de zinco. Apenas 85 g tem 45% do valor diário necessário, além de outras vitaminas e minerais.

12 – Iogurte natural orgânico ou kefir: uma xícara contém 10% do valor necessário, mas isso pode variar dependendo da qualidade do produto. São uma boa pedida também por melhorarem sua ecologia intestinal, fundamental para uma boa saúde.

Viu quantas opções de alimentos ricos em zinco você tem! O melhor dessa lista é que ela apresenta alimentos variados – e deliciosos. Você pode combiná-los nas suas receitas para conseguir o zinco necessário para uma Supersaúde. Então, mãos à obra e aproveite!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link