Prevenção

Acerte a sua Ecologia Intestinal em 20 Minutos

No passado, as bactérias eram consideradas as maiores ameaças à saúde que enfrentávamos. E os antibióticos eram a grande salvação.

A “sabedoria convencional” era que se você se livrasse das bactérias, você eliminaria doenças mortais como pneumonia, tuberculose e meningite.

Atualmente a ciência mostra que cada vez mais a importância do complexo ecossistema de micróbios que carregamos em nosso intestino. É o chamado “microbioma”. De uma forma mais simples, é a ecologia intestinal.

Nosso corpo é anfitrião de 100 trilhões ou mais de bactérias, vírus e fungos. Isso é cerca de 10 vezes mais do que as células humanas do seu corpo.

E quando se usa antibióticos, se compromete o equilíbrio entre boas e más bactérias em nosso corpo. Quando as bactérias ruins em seu intestino são mais importantes que as boas bactérias ou “probióticos, a inflamação se torna crônica.

Seu risco de obesidade, doenças cardíacas, diabetes e câncer aumenta. O mesmo acontece com as taxas de alergias, asma, autismo e doenças autoimunes.

Então, como você mantém seu equilíbrio de ecologia intestinal?

Nós sabemos da importância dos alimentos fermentados, ricos em probióticos naturais, como os acidophilus, etc., que são a melhor maneira de regular o seu microbioma.

Porém, o que eu quero dizer é que novas pesquisas mostram que o exercício também pode melhorar seu equilíbrio intestinal.

Os estudos mostram que atletas de elite têm um conjunto muito mais diversificado de micróbios em seu trato intestinal. Porém, você não precisa ser um atleta de elite para se beneficiar disso …

Cientistas da University of Illinois coletaram amostras de micróbios intestinais de 32 adultos sedentários. Em seguida, os participantes fizeram um programa de treino de “cardio” durante seis semanas. Após, retornaram às suas formas sedentárias.

A conclusão do estudo mostrou que após esse período de treinos os participantes tiveram uma melhor microbiota intestinal, com aumento de produção de butirato.

Trata-se de um ácido graxo de cadeia curta que promove intestinos saudáveis, gera energia e reduz a inflamação. Mas quando eles pararam de se exercitar, seus níveis de butirato caíram novamente.

Veja o que o butirato pode fazer por você:

  • Aumenta sua defesa contra o câncer de cólon
  • Melhora a digestão
  • Protege contra gastroenterite
  • Reduz inflamação
  • Evita a síndrome do intestino poroso
  • Melhorara a sensibilidade à insulina
  • Reduz a obesidade e diabetes
  • Previne a depressão
  • Protege contra a doença de Parkinson e Alzheimer

Ou seja, manter os micróbios certos em seu intestino para produzir butirato pode ajudar a evitar muitas das doenças modernas.

Minha sugestão é o treino supra aeróbico, que tem ajudado muito os pacientes a melhorar a ecologia intestinal com uma simples rotina de 20 minutos, 3 vezes por semana.

É um treino cujo objetivo é atingir um pico de intensidade em um curto espaço de tempo e depois descansar. Em vez de passar uma hora fazendo cardio, você obtém os benefícios em apenas alguns minutos.

É seguro independente da idade. Mesmo que esteja fora de forma, você pode respeitar o seu nível e ir aumentando as suas intensidades gradualmente, conforme se sente seguro. Comece agora e veja os resultados!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *