Alimentação

Acerola: sua Melhor Aliada contra Gripes e Resfriados

Não é segredo pra ninguém que nós precisamos da vitamina C. Ela é uma das mais importantes vitaminas para nosso corpo. E se tem um alimento que está repleto dela, é essa pequena maravilha tropical: a acerola!

A acerola é o fruto da árvore Malpighia emarginata, planta tropical originária da América do Sul e Central. Ela é o segundo alimento mais rico em vitamina C que existe no planeta. Cada 100 g de acerola contém cerca de 1680 mg dessa vitamina – um número incrível, e da mesma forma incrível para sua saúde!

O que as pessoas geralmente sabem é que a vitamina C ajuda na prevenção e tratamento de gripes e resfriados. E isso é verdade! Porém, tem muito mais. Ela:

  • aumenta sua imunidade
  • reduz o risco de doenças cardíacas
  • reduz o risco de degeneração macular
  • melhora cicatrização de feridas
  • reduz a pressão arterial
  • aumenta defesa contra certos tipos de câncer
  • reduz a inflamação

A acerola também conta com outras vitaminas, porém em menor quantidade. São elas:

  • Vitamina A
  • Tiamina (vitamina B1)
  • Riboflavina (vitamina B2)
  • Niacina (vitamina B3)
  • Ácido pantotênico (B5)
  • Vitamina B6
  • Folato (vitamina B9)

Dentre os minerais, o principal é o manganês; mas há porcentagens menores de magnésio, zinco, ferro, cálcio, potássio e fósforo. Sim, tudo isso!

Por que você precisa consumir vitamina C pela dieta

Como já comentei por aqui, nós evoluímos de tal forma que nosso organismo não consegue sintetizar a vitamina C por conta própria. A maioria dos animais possui uma enzima que transforma glicose nessa vitamina.

Nós, humanos, assim como os macacos, peixes e morcegos, por exemplo, não possuímos essa enzima. Então, a única forma de conseguir essa vitamina fundamental é por meio da alimentação. Não há outra forma.

Daí a importância de contar com alimentos ricos em vitamina C, como a acerola, na sua dieta.

Acerola e Ácido alfa-linolênico (ALA)

Esta frutinha tem também uma surpresa oculta, que é a presença de Ácido alfa-linolênico (ALA), um ácido graxo ômega 3. Pesquisas feitas com mulheres concluíram que aquelas que recebiam o ALA tinham:

  • Entre 21% e 50% menos risco de doença cardíaca
  • 46% menos risco de sofrer morte cardíaca súbita

Outras fontes de ALA são a chia, verduras e nozes. O único problema é esse ácido graxo é difícil de ser convertido em EPA e DHA, o que acontece com apenas uma pequena porcentagem. Ainda assim, este é mais um motivo que coloca a acerola como uma boa opção para o consumo.

Por fim, é importante lembrar que embora essa fruta tenha pequena quantidade de açúcares (cerca de 7 g a cada 100 g de acerola), a melhor opção é colocá-la no seu smoothie verde. Assim você junta o poder da vitamina C com muitos outros benefícios e fibras dos vegetais.

Confira as receitas do site ou tire-as como base para criar a sua. E um brinde à sua Supersaúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *