Viciado em Açúcar? Sim, é Possível Mudar!

Podemos até dizer que gosto não se discute, mas quando se trata do gosto que sentimos em nossa boca, preciso lhe informar: se discute sim, principalmente quando estamos falando de açúcar! Achou estranho? Calma, já vou explicar…

Nós tendemos a achar que os gostos dos alimentos são sempre os mesmos, mas o que a ciência diz é que essa percepção muda dependendo da nossa dieta. É por isso que quanto mais açúcar você come, mas deseja por ele. A notícia boa é que você pode notar atitudes para modificar isso!

Avaliando o gosto por açúcar

Para entender melhor como isso funciona, pesquisadores da Universidade de Sidney, na Austrália, analisaram o comportamento alimentar das moscas das frutas. Os animais foram alimentados com diferentes alimentos: porções com excesso de açúcar, com maior quantidade de proteínas, ou com açúcares mais complexos.

Eles observaram que, dependendo do tipo de alimentação, o paladar das moscas mudava após alguns dias. Eles analisaram a composição dos receptores de sabor dos animais e concluíram que quando elas se alimentavam com menos açúcar, nas próximas vezes que comiam alimentos doces a comida parecia muito mais doce.

Por outro lado, como podemos imaginar, ao comer mais açúcar, a percepção do gosto doce diminui, e precisa-se de cada vez mais. Dessa forma, a pessoa acaba entrando em um ciclo vicioso que conhecemos bem. E o resultado para a saúde não nada, nada bom…

A grande novidade desse estudo é que, segundo os pesquisadores, não se trata apenas de algo mental. A própria língua também muda sua composição e, consequentemente, a percepção de paladar. É isso mesmo… É preciso controlar a língua – literalmente falando!

Se você já conseguiu abandonar os alimentos com açúcar, sabe que é verdade. Depois de algum tempo, fica até difícil e incômodo comer algo doce demais. Segundo o professor Wang, um dos pesquisadores responsáveis pelo estudo, o que vale para as moscas, pode valer também para nós:

“Embora esse trabalho tenha sido realizado em moscas da fruta, as moléculas envolvidas são conservadas até os seres humanos. Sabemos que os seres humanos também experimentam mudanças na percepção do paladar em resposta à dieta, por isso é possível que todo o processo seja conservado”.

É hora de mudar!

Se você quer fazer como as moscas do estudo e acabar com o desejo de doce, já sabe que precisa mudar a dieta. Mas o que comer para resolver o problema? A melhor indicação é a dieta keto, onde você prioriza as gorduras, come proteínas o suficiente e carboidrato (que também são açúcares) praticamente zero.

Quando seu corpo passa a metabolizar em cima das gorduras, seu organismo não sentirá necessidade de carboidrato e você finalmente vai acabar com o desejo por açúcar. E quanto menos você come, como mostrou o estudo do qual falamos hoje, menos se tem vontade. É um efeito que vai sempre se otimizando.

Então, arregace as mangas. Clique aqui para ver uma série de artigos sobre a dieta keto. Promova essa mudança na sua vida e a consequência certamente será uma Supersaúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link