Prevenção

A “Síndrome do Coração Partido” pode ser Fatal

Nós sempre ouvimos que o tempo cura todas as feridas, porém quando isso ocorre no coração, pode não ser o caso… Usamos sempre a expressão “coração partido” quando se trata de término de uma relação ou quando perdemos um ente querido.

Isso é figurativo, mas você sabia que o seu coração pode realmente “partir”?

Você terá uma sensação que teve um ataque cardíaco, mas sem nenhuma obstrução nas artérias do coração. Situações de estresse, tristeza ou sobrecarga emocional podem fazer com que parte do seu coração dilate por um período de tempo. Como se diz, ele “rompeu”.

Trata-se de uma condição conhecida como Cardiomiopatia Takotsubo, apelidada de “Síndrome do coração partido”. A musculatura cardíaca é atordoada por um evento trágico e não bate de forma adequada e efetiva. Estas condições têm ocorrido com mais frequência segundo as estatísticas.

Cardiomiopatia Takotsubo

Os sintomas incluem dor no peito, respiração curta, sudorese, arritmia, náusea, vômito, além de fadiga.

Os pacientes diagnosticados com esta condição apresentam poucos fatores de risco para doença cardíaca, como obesidade, tabagismo, hipertensão arterial, diabetes ou colesterol elevado. Mas todos têm um fator em comum: ansiedade e alto nível de adrenalina no sangue.

Portanto, reduzir o estresse e ansiedade é importante, pois segundo artigo recente publicado no New England Journal of Medicine, medicações para hipertensão não agem preventivamente no problema.

O diagnóstico é feito por testes sanguíneos básicos e eletrocardiograma, pois o angiograma mostra que as artérias não têm obstruções. Então, o diagnóstico, passa a ser desta síndrome. O tratamento cardiológico é com algumas medicações básicas, mas a prevenção é simples: evitar estresse e ansiedade elevada.

Medidas naturais para prevenção da síndrome

1 – Você precisa ter ações proativas para a saúde do seu coração, como peso normal e comer de modo saudável.

2 – Atividade física: treino supra aeróbico. Em situações de recuperação da Síndrome, iniciar lentamente a atividade física, pois o coração é um músculo e precisa recuperar sua força.

3 – Fortalecer a mitocôndria com:

– Magnésio: ativa as enzimas necessárias para diversas funções fisiológicas, incluindo contrações neuromusculares, função cardíaca e regulação do equilíbrio ácido básico do corpo.

Ele é necessário para o metabolismo dos carboidratos, aminoácidos, gorduras, e também para a produção de energia. Possui propriedades cardiovasculares que incluem suporte da função arterial, metabolismo da proteína C reativa, além da função endotelial e manutenção da pressão arterial.

Grande importância na função muscular, manutenção do humor e possui propriedades calmantes. A maioria dos estudos científicos mostra benefícios em dosagens de 600 mg ao dia, em doses divididas.

Além disso, é sabido que a vitamina B6 promove aumento de absorção do magnésio intracelular. O aconselhável é que converse com o seu médico para checar os seus níveis e buscar as melhores opções para o seu caso.

– CoQ10: as mitocôndrias são as estruturas geradoras de energia; elas são encontradas no citoplasma celular. Essa energia é conhecida como ATP e sem ela a célula morre. Para produzir ATP, a célula necessita de oxigênio, coenzima Q10 (CoQ10) e ubiquinol (forma reduzida da CoQ10). Infelizmente, conforme envelhecemos, vamos perdendo a capacidade de produzir essas enzimas, o que acaba comprometendo a produção de ATP.

O CoQ10 é um antioxidante que age neutralizando de radicais livres antes que causem danos. É aconselhável tomar 200 mg de CoQ10 diariamente em divididas doses, segundo a literatura, de preferência na forma ubiquinol, que é mais eficiente, pois é mais potente e de muito mais fácil absorção pelo corpo.

– PQQ (pirroloquinolinaquinona): Ação antioxidante e energiza as células cardíacas. Ele é centenas de vezes mais eficiente do que outros antioxidantes.

Age como um catalisador dentro de suas células, ajudando você a fazer novas mitocôndrias para produzir ainda mais energia.

Age sinergicamente com CoQ10, produzindo melhores resultados do que qualquer um desses nutrientes sozinhos. O DNA mitocondrial é bastante propenso a danos causados ​​por radicais livres e pró-oxidantes. E o PQQ protege contra esse tipo de dano.

Ele é encontrado em quantidades mínimas em alimentos, mas as pesquisas mostram que quando tomado em forma de suplemento, tem seus níveis aumentados drasticamente, gerando efeitos realmente notáveis. Os estudos sugerem de 10 a 20 mg por dia.

D-Ribose: D-ribose é um açúcar de cinco carbonos, importante na -recuperação de pacientes cardiovasculares, pessoas com fadiga crônica, acidente vascular cerebral e ataque cardíaco.

Pode ser usado antes da cirurgia cardíaca e é preventivo para ajudar a minimizar os danos associados à lesão de reperfusão. Como a maioria das pessoas tem algum grau de disfunção mitocondrial, também pode ser útil para a saúde geral, especialmente se você se exercita regularmente. A dose terapêutica mínima, segundo os estudos, é em torno de 5 gramas,1 a 2 vezes ao dia.

4 – Para estresse:

– Aminoácidos:

-Taurina: Ajuda a controlar o desequilíbrio do sistema nervoso por estresse, drogas, abuso de álcool e epilepsia. Ajuda a prevenir distúrbios cardíacos e circulatórios

– L-Carnitina: Na medida em que você envelhece, o nível de carnitina nos seus tecidos cai. Esse aminoácido tem papel crítico na manufatura de energia pelas suas células, transportando ácidos graxos para dentro da mitocôndria. Lá eles podem ser usados como combustível. Além disso, a L-carnitina auxilia na eliminação de detritos tóxicos para fora da célula antes eles possam causar danos. A melhor fonte de L-carnitina é a carne vermelha de animais criados a pasto. Mas você também pode tomá-lo como suplemento. Os estudos sugerem pelo menos 500 mg de L-carnitina, na forma de acetil L-carnitina, todo dia de estômago vazio.

– L-cisteína: Este aminoácido é também um poderoso antioxidante. É aconselhado usar na forma de N-acetil L-cisteina (NAC), que auxilia na fabricação de glutationa. Esse é o antioxidante mais poderoso do corpo, consistindo na primeira linha de defesa da mitocôndria, ajudando a neutralizar danos oxidativos. Os estudos sugerem um suplemento de 500mg por dia.

– Rhodiola rósea: Este fitoterápico promove aumento da síntese de energia na mitocôndria. Segundo estudos, ratos de laboratório que receberam a rhodiola conseguiram nadar 25% mais tempo antes de ficarem exaustos. Mas a rhodiola também pode energizar as pessoas, de acordo com uma pesquisa feita em humanos. Nesse caso, apenas uma dose de 200mg ajudou as pessoas a melhorarem a sua resistência durante o exercício físico. Já em outro estudo, os indivíduos que tomavam 100mg de rhodiola todo dia melhoraram a sua capacidade de trabalho: sua habilidade para aprendizagem aumentou em 61% e o seu nível de fadiga caiu em 30%. Segundo a literatura recomenda-se tomar 200 mg por dia de estômago vazio, preferivelmente de manhã, porque a rhodiola estimula o seu cérebro.


– Fitoerápicos:

– Ashwgandha (Withania somnifera): É um fitoterápico adaptogênico, com ação tônica e antiestresse. A literatura recomenda 125 mg a 1250 mg diariamente.

Ouça seu coração

Sempre valorize qualquer dor no peito, procurando um Pronto Atendimento. Eles poderão determinar realmente o que está acontecendo. Cuide-se!

Referências bibliográficas:

  • Authority Nutrition, 12 Proven Health Benefits of Ashwagandha
  • Am J Clin Nutr, 2000;72(Suppl):624S-636S.
  • Ann NY Acad Sci, 2005; 1056: 261-78
  • Journal of Parenteral and Enteral Nutrition, January-February 1998;22(1):42-48.
  • Cardiovascular Research, 1993:27:358-363
  • International Journal of Sports Medicine, 1990;11:1-4.
  • Muscle and Nerve, February, 1993;16:150-153
  • Pharmacological Research, 1998;37(2):115-122
  • Pharmacol Res., 2006; 53(4): 386-90.
  • Journal of Applied Nutrition, 1996;48(3):67-78
  • Nord J Psychiatry, 2007; 61(5): 343-8.
  • Livro Atleta no Século XXI. Editora Gaia
  • www.drrondo.com/telomeros-mitocondrias-envelhecimento/
  • www.drrondo.com/mitocondrias-beleza-antienvelhecimento/
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *