A Natureza pode Atenuar os Sintomas do Isolamento Social

Recentemente, temos visto a volta do crescimento de casos de COVID-19 no Brasil e no mundo.

Diante disso, as autoridades de saúde reforçam que uma das melhores formas de prevenção é o isolamento social, quando possível.

Até se cogita novamente o fechamento do comércio e empresas em alguns locais.

De qualquer forma, muitas pessoas prosseguem trabalhando de casa e saindo menos, o que têm gerado desafios.

Como já comentei por aqui, um questionário on-line aplicado em todo país pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), neste tempo de pandemia, mostrou que a ansiedade e o estresse aumentaram em 80%.

Já os casos de depressão dobraram!

Portanto, é muito importante buscarmos estratégias para minimizar esses problemas que surgem com o isolamento.

E quanto mais tentamos fazer isso de forma natural, melhor! Veja uma descoberta interessante nesse sentido…

Natureza e sintomas do isolamento social

Pesquisadores da Universidade de Tóquio, no Japão, fizeram um questionário online com 3 mil pessoas durante a pandemia.

Com as respostas, a pesquisa avaliou os níveis de algumas emoções dos voluntários, como:

  • depressão
  • satisfação com a vida
  • felicidade subjetiva
  • autoestima
  • solidão

Além disso, eles responderam sobre seu contato com a natureza: se tinham possibilidade de um contato mais próximo ou ao menos conseguiam observar paisagens verdes da janela.

O estudo concluiu que ambos os casos foram benéficos para a saúde mental e emocional.

Tanto o uso frequente de espaços verdes quanto a existência de janelas em casa com acesso a essas áreas foram associadas a níveis elevados de autoestima, satisfação com a vida e felicidade subjetiva, bem como níveis reduzidos de depressão e solidão.

“Nossos resultados sugerem que a natureza próxima pode servir como um atenuador na diminuição dos impactos adversos de um evento muito estressante em humanos. Proteger os ambientes naturais em áreas urbanas é importante não só para a conservação da biodiversidade, mas também para a proteção da saúde humana”, comenta um dos autores da pesquisa.

Outros benefícios do contato com a natureza

É incrível!

Novamente uma pesquisa mostra como a natureza faz bem para nossa saúde.

E isso não vale só para a saúde mental durante o isolamento social, mas também para todos os momentos. A parte física também tem a ganhar.

Já se sabe, por exemplo, que:

  • Aqueles que passam pelo menos 2 horas por semana em meio à natureza são mais propensos a ter boa saúde e maior bem-estar psicológico.
  • Odores das árvores e flores são capazes de induzir nosso corpo a reduzir os níveis de estresse e irritação.
  • Pessoas com acesso a espaços verdes sentem-se psicologicamente mais conectados ao mundo natural.
  • Crianças que crescem perto da natureza se tornam adultos com melhor saúde mental.
  • Ficar ao menos 20 minutos por dia em contato com áreas verdes fornece mais vitalidade para o dia a dia.
  • Ao passar um tempo ao ar livre, você não só respira o ar puro, mas também toma sol, o que aumenta seus níveis de vitamina D e garante outros benefícios de saúde.

Então, fique de olho nessas informações. É realmente uma boa pedida para manter corpo e mente sãos passar um tempinho em contato com o verde.

Se isso não for possível por causa do isolamento social, tente se conectar de alguma forma, seja por uma janela ou até colocando plantas em casa.

Elas inclusive ajudam a melhorar o ar do ambiente, como mostrei neste outro artigo.

Aproveite a natureza a seu favor. Afinal, você faz parte dela! Supersaúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *






















                           Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link