A Importância de Brincar

Felizmente, os pais estão cada vez mais preocupados com a saúde de suas crianças. Por isso, muitas vezes eles acabam pensando em medidas mirabolantes para manter os pequenos ocupados, o que acreditam garantir que fiquem mais saudáveis. Mas pode acontecer que se esqueçam de algo fundamental… Eles precisam brincar!

É claro que você deve cuidar da alimentação dos seus filhos, principalmente no mundo moderno cheio de alimentos açucarados e refinados… Esse tipo de comida é um verdadeiro problema de saúde pública, levando à obesidade, diabetes e outras graves complicações.

Atividades extras também são importantes, pois o desenvolvimento mental e o físico caminham juntos na infância. Entram nesse caso aulas de música, xadrez e outras, mais voltados para o crescimento intelectual.

Já no caso do desenvolvimento físico, é normal vermos crianças praticando esportes, o que também é muito bom. Mas você sabia que além das práticas esportivas, o simples ato de brincar pode também trazer muitos benefícios?

Brincar e se exercitar: ótimo para as crianças

Uma pesquisa feita por uma universidade finlandesa avaliou a relação entre o local onde as crianças viviam e suas habilidades motoras. Entre 2015 e 2017 eles avaliaram quase 1000 crianças entre 3 e 7 anos de idade, de diferentes locais daquele país.

A partir de entrevistas com os pais, eles contabilizaram o tempo gastos em atividades físicas. Foram feitas também avaliações de habilidades locomotoras e de controle de objetos. Os resultados foram interessantes…

Primeiro, ficou claro a diferença de como eles se exercitavam. Os pesquisadores concluíram que as crianças que vivam em áreas metropolitanas participavam mais de esportes organizados.

Já a principal atividade daquelas que vivam no campo ou em áreas menores era simplesmente brincar “lá fora”. Elas gastavam mais tempo correndo, pulando e se exercitando como consequência das brincadeiras comuns – algo que hoje só ocorre longe de grandes centros urbanos.

Comparando os dois grupos, foi no segundo que foram encontradas as crianças com melhores habilidade motoras. Brincar com liberdade, nesse caso, foi mais eficiente do que a prática esportiva. E mesmo que você more em um grande centro urbano, haverá oportunidades para isso, conforme comenta a pesquisadora Donna Niemistö:

“Toda criança, com ou sem atrasos nas habilidades motoras, desenvolve habilidades motoras através da repetição da tarefa. […] é crucial que ele tenha a oportunidade de experimentar, brincar e praticar espontaneamente. A presença dos pais enquanto se movimentam assegura à criança que praticar as habilidades é importante e seguro. Portanto, por exemplo, o verão é um período excelente para viajar em família, pois a natureza possibilita experiências versáteis e estímulos para o desenvolvimento motor.”

Portanto, é bom prestar atenção a isso! É claro que a prática esportiva é incrível para a saúde das crianças, mas o hábito de brincar livremente é importantíssimo para seu desenvolvimento. Dar essa oportunidade aos pequenos é garantir uma Supersaúde no futuro!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *