Alimentação

A Chocante Descoberta de 100 Milhões de Bactérias em uma Maçã

Você já parou pra pensar na quantidade de bactérias que podem estar nos alimentos comuns do dia a dia? Olha, são muitas… Mas algo que precisamos ter claro em nossa mente é que existem bactérias de dois tipos: as boas e as ruins.

Você precisa das bactérias boas, que irão colonizar seus intestinos e lhe ajudar a absorver os nutrientes dos alimentos. Elas também serão uma linha de defesa contra os micro-organismos causadores de doenças, cuidando da sua imunidade.

Mas para isso, é necessário adquiri-las por meio da alimentação, especialmente de vegetais e probióticos. Mas será que alguns alimentos podem conter os dois tipos, as bactérias boas e as ruins? Qual a relação entre elas?

As maçãs e suas diferentes bactérias

Um grupo de pesquisadores analisou as bactérias encontradas na fruta mais consumida do mundo: a maçã. E o que eles encontraram foi absolutamente incrível: em média, uma maçã de cerca de 240g tem 100 milhões de bactérias! Só que até com relação a esses “bichinhos”, nem toda maçã é igual…

Até nesse caso os alimentos orgânicos levam vantagem! O estudo mostrou que as maçãs orgânicas e as não orgânicas tinham o mesmo número de bactérias, mas as primeiras tinham as melhores. Conforme comenta a Dra. Grabiele Berg, uma das autoras do estudo:

“Maçãs recém-colhidas e organicamente gerenciadas abrigam uma comunidade bacteriana significativamente mais diversificada, mais uniforme e distinta, em comparação com as convencionais.”

A diferença foi gritante. Nas maçãs não-orgânicas, por exemplo, foram encontradas o grupo de bactérias Escherichia-Shigella, causadoras de doenças. Nas maçãs orgânicas, elas sequer estavam presentes!

Além disso, os lactobacilos probióticos estavam muito mais presentes nas frutas orgânicas. E é por isso que você sempre escuta que deve priorizar os orgânicos! Então, comece agora. Vale a pena para a sua saúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *