A Alimentação está Mudando em Todo o Planeta!

Vivemos em um mundo cada vez mais globalizado. A velocidade da informação faz com que saibamos o que está ocorrendo no outro lado do mundo em minutos. E com a população mundial mais integrada, já se começa a ver os efeitos na alimentação.

Formas tradicionais de se alimentar vão aos poucos sendo substituídas por modelos “importados”. E então fica a pergunta: isso é bom ou ruim? É complicado dar uma resposta exata, pois tudo depende de inúmeros fatores.

Por exemplo… Você já se perguntou como a alimentação das pessoas mudou nos últimos 50 anos? Pois alguns pesquisadores resolveram descobrir. Cientistas dos Estados Unidos e do Reino Unido fizeram um grande estudo que avaliou os suprimentos de comida de 171 países entre 1960 e 2010.

Os resultados mostraram o rumo dessas mudanças. No oriente, em locais como China, Coreia do Sul e Taiwan, houve aumento na produção de ovos, carne, açúcar, vegetais, frutos do mar e óleos vegetais. Em países ocidentais, principalmente nos mais ricos, como Estados Unidos e Inglaterra, houve redução da alimentação baseada em fontes animais e açúcar. Eles notaram também um aumento de dietas baseadas em vegetais em muitos locais.

Quais as lições disso para nossa alimentação?

É um fato curioso. O que se vê é que a dieta no oriente parece estar se tornando cada vez mais “ocidentalizada”, com o aumento de consumo de gorduras ruins, açúcares e processados – com todos os riscos disso para a saúde. Enquanto isso, parece que alguns países do ocidente finalmente estão acordando para a realidade e buscando uma alimentação mais saudável.

Segundo o Dr. Bentham, estatístico da Universidade de Kent, nos EUA, que liderou a pesquisa:

“Existem mudanças claras no suprimento global de alimentos e essas tendências podem ser responsáveis por fortes melhorias na nutrição em algumas partes do mundo. No entanto, a obesidade continua sendo uma preocupação de longo prazo, e esperamos que nossa pesquisa abra portas para a análise dos impactos na saúde dos padrões globais de dieta. Da mesma forma, também devemos considerar cuidadosamente os impactos ambientais dessas tendências.”

A questão, para nós, é saber escolher o lado certo. Mesmo que você tenha as possibilidades de consumir alimentos errados, como gorduras vegetais ruins, açúcares e outros alimentos processados, opte sempre pelo mais natural. O ideal é consumir gorduras boas e naturais, em alimentos de origem animal – mas de animais criados soltos, pastoreando. Complete com proteínas em moderação e vegetais, e sua saúde dará um verdadeiro upgrade.

Aqui no site você encontra várias dicas para começar agora a ter uma alimentação mais saudável. A informação é a sua melhor arma para combater a epidemia de doenças do mundo moderno que está sempre à espreita. Fique de olho e Supersaúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link