Saúde

4 Soluções Naturais para Dor

Muitas pessoas chegam em uma idade de querer aproveitar mais a vida, jogando golfe, tênis, exercícios físicos diversos durante todo o ano. Mas a dor e os sofrimentos que acompanham o envelhecimento às vezes os impedem de fazer as coisas que amamos.

Tenho sido cobrado, pelos pacientes que estão nessa fase, por soluções naturais para tratar sua dor.

Eles estão bem conscientes sobre essa epidemia do uso de analgésicos e seus riscos de saúde…

Mesmo a aspirina de baixa dosagem é tóxica quando administrada com muita frequência. O seu uso regular aumenta o risco de sangramento, úlceras, perda auditiva, além de falência renal e hepática.

E veja, o próprio FDA parou de recomendar que todos tomem uma dose baixa de aspirina diariamente, porque eles mesmos já entenderam que os riscos superam qualquer benefício .

O acetaminofeno ou Tylenol é comercializado como o medicamento mais seguro do mundo. Mas estudos recentes descobriram que ele pode aumentar a pressão arterial, dobrar o risco de certos tipos de câncer, levar à osteoporose e causar danos ao fígado.

Na maioria das vezes, as pessoas não reconhecem os sinais de danos ao fígado provocados pelo acetaminofen porque eles demoram a aparecer. Ou os sintomas são confundidos com outra coisa, como a gripe.

Pode se manifestar como perda de apetite, náusea e vômito. Sintomas mais graves são dor abdominal, convulsões, diarreia, irritabilidade, icterícia e coma.

Danos no fígado podem se transformar em insuficiência hepática em apenas um dia.

Os anti-inflamatórios não esteroides aumentam o risco de ataque cardíaco e derrame em apenas uma semana de uso consistente. E quanto mais você usa, mais seu risco aumenta.

Alivie a dor e mantenha seu fígado saudável com estes remédios naturais

Estas sugestões podem ajuda-los a aliviar suas dores e a mover-se mais facilmente. Há outras opções naturais que também pode ajudá-lo neste objetivo.

1) Aspirina natural

Originada da casca do salgueiro branco, pois contém salicina, o mesmo composto encontrado na aspirina. Ela vem de uma árvore nativa da Europa e da Ásia. Seu uso remonta ao antigo Egito. Até mesmo Hipócrates, o “Pai da Medicina”, deu a seus pacientes para reduzir a inflamação. Estudos. como o publicado no American Journal of Medicine. mostram que não só alivia a dor da artrite, mas também aumenta a mobilidade nas costas, joelhos, quadris e outras articulações. A casca de salgueiro branco não vai perturbar o seu estômago como a aspirina pode fazer. A recomendação encontrada na literatura é 240 mg por dia.

2) Cúrcuma

É conhecida como um poderoso anti-inflamatório. Este tempero do sul da Índia tem 619 benefícios de saúde que são suportados por quase 7.000 estudos.

De fato, pesquisas mostram que reduz a dor nas articulações com artrite em 60% e o edema nessas áreas em 73%. A literatura recomenda cerca de 500 mg duas vezes ao dia, de preferência associado com piperina (extrato de pimenta preta) pois aumenta a sua absorção em 2.000%.

3) Gengibre

É considerado um “substituto” dos anti-inflamatórios não esteroides. Em um estudo, comparou-se um extrato de gengibre a um placebo em 247 pacientes com osteoartrite. O gengibre reduziu a dor e a rigidez nas articulações do joelho em 40% em relação ao placebo.

E um segundo estudo do Journal of Alternative and Complementary Medicine descobriu que o gengibre reduz a dor em músculos e articulações em até 25%. O gengibre contém 12 compostos diferentes que bloqueiam a enzima que a desencadeia  a inflamação. A maioria dos estudos sugerem cápsulas de 500 mg 2 a 3 vezes ao dia.

4) Arnica

É um anti-inflamatório que pode aliviar a dor articular crônica. Contém timol, que estimula os glóbulos brancos a reduzirem o edema articular. Veja o que os estudos mostram:

Numa análise com 204 pessoas apresentando osteoartrite nas mãos, observou-se que as pessoas que usaram gel de arnica experimentaram tanto alívio quanto o grupo que tomou um analgésico convencional, com a vantagem de não ter gerado efeitos colaterais.  Em outro estudo, 79 pessoas com artrite nos joelhos usaram arnica gel, evidenciando-se menos dor e rigidez articulares.

5) Abacaxi

Contém uma enzima chamada bromelaína que impede o aparecimento de dores, sendo inclusive tão eficaz quanto algumas drogas anti-inflamatórias não esteroides, comumente usadas para diminuir a dor da osteoartrite, segundo diversos estudos.

Então, é isso: você não precisa ficar com dor, nem tomar remédios químicos que trazem junto um monte de efeitos colaterais. Aproveite a natureza e viva melhor!

Referências bibliográficas:

  • J Clin Oncol. 2011;29(17):2424-2431.
  • Bone. 2011;48(6):1277-1281.
  • Arthritis Rheum. 2001;44(11):2531-2538.
  • J Altern Complement Med. 2009;15(2):129-132.
  • Pharmacoepidemiol Drug Saf. 2006;15(6):398-405.
  • US Pharm. 2014;39(3):HS2-HS8.
  • Am J Med. 2000;109(1):9-14.
  •  Adv Ther. 2002;19(5):209-218.
  • Evid Based Complement Alternat Med. 2004;1(3):251-257.
  • Livro Mude sua vida com Super Nutrientes.
  • www.drrondo.com/o-segredo-indiano-antienvelhecimento/
  • www.drrondo.com/como-reduzir-inflamacao-silenciosa-corpo/
  • Harvard Health Letter. Weighing the risks and benefits of aspirin therapy. https://www.health.harvard.edu/heart-health/weighing-the-risks-and-benefits-of-aspirin-therapy. November 2017. Accessedon August 17, 2018.
  • Harvard Health Letter. Acetaminophen may boost blood pressure. February 2011. https://www.health.harvard.edu/heart-health/acetaminophen-may-boost-blood-pressure. Accessed May 8, 20185.
  • Harvard Health Publishing. FDA strengthens warning that NSAIDs increase heart attack and stroke risk. https://www.health.harvard.edu/blog/fda-strengthens-warning-that-nsaids-increase-heart-attack-and-stroke-risk-201507138138. Updated August 22, 2017. Accessedon August 17, 2018.
  • FDA U.S. Food & Drug Administration. Can an aspirin a day help prevent a heartattack?
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *