Estética

4 Maneiras Naturais de Aumentar o seu Colágeno

A procura por cosméticos faz da indústria da beleza a que talvez mais cresça nos últimos tempos. Todos procuram a beleza atemporal e acreditam que a solução está nos cosméticos tópicos, inclusive aqueles que dizem ter colágeno.

Em parte, isso pode realmente ajudar, mas o que vale na verdade, é o que você ingere, pois da mesma forma que você alimenta seu corpo para mantê-lo forte e saudável, pode alimentar seu rosto para uma pele bonita e vibrante. Especialmente induzindo a produção de colágeno.

Normalmente, as pessoas recorrem a cremes tópicos com colágeno para melhorar a aparência, o que na verdade é um grande mito. Durante muito tempo se pensou que o uso de cosméticos contendo essa substância pudesse ser eficiente.      

Segundo a Medical News Today, as moléculas de colágeno são grandes demais para atravessar as camadas profundas da pele, portanto não apresentando nenhum resultado prático.

O colágeno é essencial para firmar a pele saudável, pois forma o suporte de sustentação sob a pele. Quando seus níveis são altos, a pele é macia, suave, firme e sem rugas.      

Em um estudo duplo cego, controlado, com 69 mulheres entre 35 e 55 anos de idade, as que suplementaram com colágeno melhoraram elasticidade,  hidratação e reduziram rugosidade da pele após apenas oito semanas.

Em outra publicação, no Journal of the Society for Applied Research in Aging, mulheres que tomaram um suplemento de colágeno durante 12 semanas tiveram:

  • 76% menos secura
  • 12% menos rugas visíveis
  • Aumento de fluxo sanguíneo para a pele

Como você pode aumentar seu colágeno naturalmente

1 – Sílica

É um componente do colágeno, formado da combinação de silício e oxigênio. Conforme envelhecemos, vamos perdendo a capacidade de produzir sílica e com isso os cabelos tendem a ficar sem brilho, aumentando a queda. A pele fica fina e sem viço, unhas fracas e quebradiças.

E, em situações extremas, pode desencadear dores articulares e artrite, rigidez arterial e osteoporose. Atualmente é cada vez mais difícil obter sílica da dieta, pois com as práticas agrícolas modernas, à base de muita química, ocorre uma espoliação dos minerais e outros nutrientes do solo.

Com isso, fica difícil receber dos alimentos uma quantidade adequada deste elemento. Mesmo assim, aconselho enfatizar o consumo de frutos do mar, verduras, brotos de bambu jovem, raízes, sementes, amêndoas, cereais integrais e até cerveja, que são boas fontes de sílica. Outra opção é o uso de um suplemento do colágeno rico em sílica.

2 – Brodo (Caldo de osso)

É considerado um superalimento, excelente para recuperar deficiência de colágeno, melhorando a saúde da pele, articulações e inflamações. O colágeno bovino é semelhante ao que está em seu próprio corpo, e você o obtém com a preparação do brodo, aonde haverá liberação de gelatina dos ossos, cartilagem e pele, riquíssimos em colágeno.

Nestas condições, você receberá o colágeno tipos I e III, os mais importantes na regeneração da pele, unhas, cabelos, tendões, ligamentos, músculos e ossos. É rico também em glicina, importante pois age na:

  • reparação de DNA e RNA
  • síntese de creatina, importante para criação de músculos
  • melhora da mucosa gástrica          
  • melhora da liberação de serotonina
  • melhora qualidade do sono
  • redução de rugas, revertendo flacidez e estrias. Pode também eliminar celulite.    

3 – CoQ10

Esta importantíssima enzima para a musculatura cardíaca também traz ótimos benefícios para a pele. Pode ser usado via oral ou na forma tópica, como você já deve ter visto em vários produtos cosméticos.

Este nutriente tem a capacidade de penetrar com facilidade na epiderme, estimulando a produção de um tipo especial de colágeno que conecta a camada mais externa da epiderme da sua pele à sua derme mais profunda.

Com isso, gera mais sustentação da face, alivia pés de galinha e as rugas.

4 – Óleo de semente de café verde (coffee arábica)

Este é a melhor espécie de óleo de café verde. Rico em antioxidantes, como polifenóis, ácido clorogênico e vitamina E. Pode ser usado na forma de cápsulas ou topicamente na pele e cabelo.

Os estudos mostram que ele melhora o equilíbrio fisiológico da pele, permitindo a formação de novo tecido conjuntivo e prevenindo o ressecamento da epiderme e suavizando as rugas. Além disso, produz uma estimulação na síntese de colágeno e elastina restaurando a firmeza e flexibilidade da pele.

Então, se você quer uma pele bonita e saudável, não pense só na parte externa. Os benefícios vêm também de dentro para fora. Supersaúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *