Estética

3 Opções Naturais para Combater a Caspa

Este é um problema que afeta milhões de pessoas no mundo todo. A dermatite do couro cabeludo – a caspa – é realmente um incômodo, que prejudica inclusive sua auto-estima, com todos aqueles pontos brancos caindo pela sua cabeça…

E nem sempre adianta usar o xampu da moda, que promete acabar com sua caspa de uma vez por todas. Se já aconteceu com você, sabe do que eu estou falando!

Até porque, como já comentei, usar xampu todos os dias – ou mesmo o simples hábito de usá-lo – não é algo tão recomendável. Tanto é que muitas pessoas já têm tentado abandonar os xampus comerciais e buscar opções mais naturais e saudáveis.

Combatendo a caspa naturalmente

Existem algumas opções para você dar um jeito nessa caspa que tanto te incomoda. Veja abaixo e comece já a aplicar:

1 – Mel

Você gosta de mel? É difícil achar alguém que não goste! Além disso, ele auxilia no tratamento da sua caspa. Isso porque estimula a produção de ácido hialurônico, uma molécula que “completa” sua pele.

Ela absorve mais de 3 mil vezes seu peso em água, formando também uma camada estrutural como o colágeno na pele, facilitando a reparação tecidual e permitindo sua completa recuperação.

Uma boa dica é diluir o mel com água morna, o que tem mostrado significante melhora para caspa. Em um estudo, ele foi usado dessa forma por 4 semanas em dias alternados, com bons resultados.

Além de ajudar na caspa, também é incrível para tratamento de rachaduras na pele, acne, hemorróidas e psoríase.

2 – Probióticos

Já pensou em tratar sua caspa de dentro pra fora? Pois é! Que tal melhorar sua ecologia intestinal? Ao fazer isso, certamente você vai acertar a sua ecologia de pele, protegendo-a contra bactérias nocivas, poluição e radicais livres.

Para ter uma resposta rápida e saudável, melhorando rapidamente sua flora intestinal, o ideal é fazer uso de probióticos, que são alimentos ou suplementos que contenham as bactérias boas para os intestinos.

Consuma alimentos como kefir, chucrute, kvass e kimchi, que estão cheios desses bichinhos bons – lembrando-se de evitar as versões processadas.

Se for optar por suplementos, procure algum que garanta 10-20 bilhões de CFUs (unidades formadoras de colônias) na data de expiração. Converse com seu médico sobre a melhor opção.

3 – Tea tree oil

O tea tree oil é um óleo essencial que tem propriedades antimicrobiana, antiviral, antibacteriana, anti-inflamatória e antifúngica. Ele é feito a partir das folhas da planta da árvore do chá (Melaleuca alternifolia), e por isso também é chamado de óleo de melaleuca.

O principio ativo do TTO é a presença de terpeno em alta concentração, um óleo volátil com potencial de destruir as bactérias. Mas, atenção! Ele não deve ser ingerido e usa-se na forma tópica. Lembre-se também de diluir com outros ingredientes naturais, como mel cru ou óleo de coco. Não use sem diluir, ok?

Além de caspas, há relatos de bons resultados do TTO no combate aos piolhos, fungos nas unhas dos pés, gengivites e até infecções genitais.

Então, anime-se! Você não precisa ficar eternamente com essa caspa… Há como melhorar sua situação! Que tal dar uma chance para as opções naturais acima? Com certeza vai valer a pena!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *