10 melhores óleos essenciais para aliviar a inflamação + como usá-los

A inflamação pode se manifestar no nosso corpo de várias formas diferentes…

Pode ser uma artrite dolorosa, pele irritada ou até mesmo a inflamação silenciosa causada por radicais livres, que aumenta seus riscos de boa parte das doenças que todo mundo teme hoje em dia.

Alguns óleos essenciais podem ajudar bastante nesses casos, pois suas moléculas têm princípios ativos realmente benéficos.

Quando sentimos o aroma desses óleos ou os passamos na pele, essas moléculas chegam à corrente sanguínea e alteram os processos biológicos que levam à inflamação.

Veja alguns exemplos…

Óleos essenciais que podem aliviar a inflamação

1 – Óleo essencial de olíbano

Perfeito para irritações e inflamações de pele.

Estudos mostram que esse óleo essencial atua diretamente remodelando o tecido celular cutâneo, além de regular a expressão dos genes ligados a inflamações de pele.

2 – Óleo essencial de tomilho

Possui carvacrol, que bloqueia uma enzima causadora de inflamação, chamada de COX-2.

3 – Óleo essencial de açafrão

O açafrão é conhecido milenarmente por seu poder de tratar doenças inflamatórias.

Portanto, não é de estranhar que o óleo essencial seja tão benéfico contra inflamações.

O segredo está em seu princípio ativo, a curcumina, com ação comprovadamente anti-inflamatória.

4 – Óleo essencial de gengibre

Seu efeito anti-inflamatório está ligado a substâncias chamadas gingerois, que possuem bastante eficácia nesse sentido.

Estudos mostraram que o óleo essencial de gengibre bloqueou marcadores inflamatórios em animais intoxicados com metais pesados.

5 – Óleo essencial de mirra

Pesquisas mostram que o óleo essencial de mirra é o melhor quando o assunto são inflamações na boca.

Nos estudos, voluntários tiveram melhoras ao usaram antisséptico bucal para tratar feridas inflamadas nessa área.

Também há bons resultados no combate à gengivite, a inflamação das gengivas.

6 – Óleo essencial de bergamota

A inflamação basicamente acontece quando suas células absorvem moléculas inflamatórias.

É exatamente nesse ponto que o óleo essencial de bergamota pode ajudar.

Ele é rico em carvacrol e linalol, que bloqueiam os receptores inflamatórios das células, reduzindo assim a inflamação.

7 – Óleo essencial de laranja

Como todo bom óleo essencial de frutas cítricas, o óleo de laranja está cheio de antioxidantes – o que significa que combate a oxidação e os danos causados pelos radicais livres.

Essa ajuda é fundamental para evitar danos ao DNA, algo potencialmente perigoso para aumentar seus níveis de inflamação.

8 – Óleo essencial de rosa

Segundo estudos, o segredo contra inflamação do óleo essencial de rosas é seu estímulo à liberação de endorfina, que aliviam tanto a dor quanto inflamações.

9 – Óleo essencial de lavanda

Tem ação preventiva da inflamação, pois impede que sejam liberados no corpo compostos associados a processos inflamatórios, como a mieloperoxidase.

10 – Óleo essencial de eucalipto

Segundo pesquisas feitas com animais e humanos, ajuda nos sintomas das inflamações.

O responsável por isso é o 1,8 cineol, uma substância encontrada no óleo essencial de eucalipto que pode ajudar a diminuir dores e inchaços causadas por processos inflamatórios.

Cuidados e formas de usar

Cada óleo essencial tem suas particularidades, e será necessário que você só use conforme a recomendação do seu médico.

Como comentei no início, o uso pode ser:

– Tópico

Quando é passado na pele, como um óleo de massagem.

Nesse caso é sempre importante diluir bastante em algum óleo carreador, como óleo de amêndoas, de coco ou azeite de oliva.

Sempre teste um pouco na sua pele para saber se não vai causar nenhuma irritação.

– Por aromaterapia

A melhor forma de fazer isso é usar difusores de ambiente, que espalham gradualmente o aroma.

Use a quantidade de gotas indicadas pelo fabricante do óleo essencial ou do seu difusor.0

Então, é hora de dar um basta nas inflamações desagradáveis de maneira 100% natural. Que tal?

Supersaúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *






















                           Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link