10 Alimentos para Manter e Maximizar o Colágeno

Na semana passada eu comentei sobre os piores alimentos para o seu colágeno. Óleos de má qualidade e comida processada e industrializada são totalmente pró-inflamatórios, levando a processos que sabotam a sua pele e suas expectativas de saúde, beleza e rejuvenescimento.

Por outro lado, há alguns alimentos que estimulam e mantêm essa proteína importante para nosso corpo. Você deve utilizá-los não somente pensando na estética da pele, mas considerando também que são fundamentais para a sustentação de tendões e ossos.

Lembre-se que quando nossa idade avança, o colágeno tende a diminuir. Cabe a você se cuidar e contrabalancear esses níveis a seu favor. Felizmente, há muita informação disponível sobre como fazer isso de forma natural. Vamos lá!

Os 10 melhores alimentos para o seu colágeno

1 – Berries (frutas vermelhas)

As berries, ou frutas vermelhas, são ótimas para seu colágeno. Elas reduzem os marcadores de estresse oxidativo, tendo potente ação antioxidante. Outras opções interessantes são frutas cítricas, também pelo seu potencial contra oxidação e combate aos radicais livres. Aproveite-as preferencialmente em seus smoothies verdes.

2 – Gorduras saudáveis boas

Gorduras boas, como óleo de coco, azeite extravirgem, manteiga de animais criados a pasto e GHEE são incríveis para sua saúde de forma geral. Consequentemente, ajudam na manutenção do colágeno ao controlarem seu apetite e auxiliarem na absorção de nutrientes.

3 – Vegetais folhosos verde-escuros

A principal contribuição dos vegetais folhosos verde-escuros são os cofatores de colágeno, ou seja, vitaminas e minerais necessários para a produção dessa proteína no organismo. Alimentos como couve de Bruxelas, brócolis, aipo, beterraba, repolho e couve-flor estão repletos de vitaminas A, E, C, manganês, cobre e zinco, necessários para essa produção.

4 – Vegetais da família allium

Os “parentes” do alho também são fundamentais, mas por motivos diferentes. Eles são ricos em flavonóis de alto poder antioxidante e anti-inflamatório. Além do alho, entram na lista cebolinha, alho-poró e cebolas.

5 – Alimentos probióticos

Se sua flora intestinal vai mal, todo o seu corpo sofre as consequências. Por outro lado, se seus intestinos estão cheios de bactérias boas, você combate inflamações no organismo e previne que elementos nocivos passem do seu sistema digestivo para a corrente sanguínea – algo terrível para sua pele e sua saúde. Portanto, coloque em sua dieta alimentos como kimchi, chucrute, picles, missô, tempeh, natto, iogurte natural e leite cru de animais criados a pasto, kefir e kombucha. Um bom suplemento probiótico também pode dar um upgrade na sua microbiota.

6 – Bebidas com poder anti-inflamatório

Outra forma de combater a inflamação no seu corpo – algo que realmente destrói o seu colágeno – é o uso de bebidas com potencial anti-inflamatório. Chá verde e vinho tinto de boa procedência pode ajudar bastante, além de serem saborosos e garantirem inúmeros outros benefícios de saúde.

7 – Especiarias, ervas e cogumelos

A natureza tem muito mais oferecer quando o assunto é o combate da inflamação. Algumas especiarias que dão sabor aos seus alimentos também apoiam uma boa pele. A lista é grande, e nela estão açafrão, gengibre, cravo, canela, alecrim, salsa, tomilho, sálvia, orégano, pimenta Caiena, pimenta preta, manjericão e hortelã.  

Algumas ervas, usadas desde muito como fitoterápicos, também possuem alto potencial antioxidante. Alguns exemplos tradicionais são ashwagandha, ginseng asiático, rodióla e o astrágalo. Certos cogumelos, como o Portobello e o reishi também podem ajudar, combatendo os radicais livres.

8 – Chocolate escuro

O chocolate escuro, aquele amargo, como você já deve saber, possui também um alto teor de flavonoides e polifenóis que combatem os radicais livres. Além desses elementos com potencial antioxidante, possui ainda os minerais cofatores para produção do colágeno, como zinco e manganês. Mas atenção: estou falando de chocolates com no mínimo 70% de cacau, orgânico e sem açúcar.

9 – Proteínas

Se o colágeno é uma proteína, é óbvio que você não deve deixar esse nutriente de lado na sua dieta se quer manter tecidos fortes e saudáveis. Procure por carne de animais criados a pasto e peixes selvagens de águas frias, lembrando que esses últimos também são fontes de ômega 3.

10 – Brodo de osso

Por último, algo que pode turbinar o seu colágeno de forma impressionante: o brodo de osso. Trata-se de um caldo feito com ossos de frango, boi ou peixe, cozinhados por longos períodos – o suficiente para liberar o colágeno nessa sopa de saúde e bem-estar.

Para saber mais sobre eles e ver algumas receitas, é só clicar aqui. Aproveite essas dicas e mantenha seu colágeno ao máximo. Você só tem a ganhar!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link