Infantil

Você está certo de que está alimentando seu filho direito?

Muito cuidado ao trocar a amamentação por fórmulas infantis à base de soja. Você pode estar envenenando seu filho aos poucos!

Você certamente já ouviu falar que a amamentação é a melhor e mais saudável alimentação para as crianças. E isso é a mais pura verdade. Tanto é que eu recomendo que as mães amamentem seus filhos por, no mínimo, seis meses. São inquestionáveis os benefícios que a amamentação traz para os bebês.

Mas, infelizmente, por diversas razões (e algumas nada aceitáveis), muitas mulheres simplesmente abrem mão de amamentar suas crianças colocando a saúde dos pequeninos em risco. E não, eu não estou exagerando!

Essas mães, mesmo que não tenham muita noção disso, optam por fórmulas convencionais (e perigosas) que combinam nutrição inadequada com o excesso de frutose e contaminantes tóxicos, achando que estão alimentando seus filhos. Isso não existe! Afinal, há cerca de 400 nutrientes no leite materno que não é encontrado em nenhuma dessas fórmulas milagrosas de alimentação.

Eis que aí surge outro problema. Existem crianças que são alérgicas a essas fórmulas convencionais e daí, tentando bancar o cuidadoso, muitos pais (às vezes por orientação médica inadequada) passam a utilizar fórmulas que contenham soja. Mais um erro enorme!

O que esses pais não sabem é que as fórmulas com soja são piores do que as fórmulas convencionais. Elas pecam pelo excesso de fitoestrogênio, substância encontrada nas plantas que têm a mesma atividade do estrogênio.

É importante destacar que essa substância é capaz de causar danos irreversíveis no desenvolvimento sexual e reprodutivo de uma criança. E ninguém quer isso para um filho, certo? O problema é tão grande, que alimentar seu filho com fórmulas à base de soja seria o mesmo que dar a ele cinco pílulas anticoncepcionais, por dia! É mais de 20 mil vezes a quantidade de estrogênio encontrado em fórmulas convencionais.

Quer saber mais? Fórmulas à base de soja apresentam mais de 80 vezes a dosagem de manganês encontrada no leite materno, o que pode causar dano cerebral em crianças e alteração no comportamento dos adolescentes.

Então, antes de sair por aí procurando alternativas para não amamentar seu bebê, pense muito bem. A saúde e o desenvolvimento dele dependem do seu bom senso!

Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER