Saúde

Vitamina D melhora a hipertensão arterial de forma totalmente natural

Há muitas soluções naturais para a hipertensão arterial. Um dos métodos mais eficazes é a vitamina D. Entenda, sem a quantidade adequada de vitamina D, um dos seus genes (uma parte minúscula do seu DNA) inicia a formação excessiva de uma molécula chamada renina. A renina ativa outra molécula, chamada angiotensinogeno, em angiotensina I. A angiotensina I é convertida em angiotensina II por uma substância conhecida como a enzima que converte a angiotensina (ECA).  

O resultado final – a angiotensina II – é a “coisa ruim” que (em excesso) causa a pressão sanguínea alta.  A maioria dos anti-hipertensivos são inibidores de ECA e bloqueadores do receptor de angiotensina (BRA).

Porque a vitamina D é melhor que remédios para pressão alta

A vitamina D faz um serviço melhor do que aqueles remédios patenteados porque ela mira no problema no nível genético mais básico. Na sua forma totalmente ativada, a vitamina D convence o gene que controla a produção de renina a ficar menos ativo.  

“A vitamina D faz um serviço melhor do que aqueles remédios patenteados porque ela mira no problema no nível genético mais básico.”

Quanto menos renina é produzida, menos dos “intermediários” listados acima são produzidos, e o resultado final é menos angiotensina II e pressão sanguínea mais baixa.  Isso significa que algo tão simples quanto a suplementação de vitamina D pode tornar os remédios (inibidores de ECA e aquelas BRAs) desnecessários.

Mesmo sendo possível tomar vitamina D demais, as pesquisas recentes reavaliaram o limite máximo seguro para esta vitamina. Muitos peritos agora concordam que ele é 10.000 UI diários, cuja meta é alcançar um nível sérico de,no mínimo, 60 ng/ml.

Quanto tempo leva e como otimizar o tratamento

Se você quiser tentar uma abordagem de “melhor nível de vitamina D” para reduzir a sua pressão sanguínea, é sempre melhor trabalhar com o seu medico para monitorar o seu nível sanguíneo da vitamina. E seja paciente! Frequentemente, leva de dois a três meses para uma mudança significante começar a aparecer e de seis a oito meses para a vitamina D ter o efeito total.  

Porém, não aconselho a monoterapia, lembre-se de associar vitamina K, cálcio e magnésio para que haja um efeito terapêutico correto. Em outro artigo (clique aqui para ler) explico porque é importante fazer essa associação de vitaminas para que você obtenha seus benefícios!

 

Referências bibliográficas:

  • Am J Hypertens, 2009 May 14
  • Pediatric Nephrology, 1992;6:345-348
  • Am J ClinNutr, 2008; 87(1): 136-141
  • Br J Nutr, 2003;89:552-572
  • Bone, 2009; 44(6): 1085-91
  • J Renin Angiotensin Aldosterone Syst, 2011 Feb 17
Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER