Saúde

Triglicérides: a gordura perigosa escondida por décadas

Você já deve ter falado horrores da gordura saturada. Falaram por décadas que ela causa muitos problemas de saúde, que aumenta seu colesterol e que isso é algo ruim. Mas não é bem assim que a banda toca. A gordura com a qual REALMENTE precisamos nos preocupar é o triglicéride.

É como a virada dramática em um filme de ficção científica.  Os cientistas subitamente percebem que os robôs gigantes não estão tentando nos matar—são com as aranhas gigantes que nós deveríamos ter nos preocupado desde o início… Esta foi a reação geral a um estudo recente no New England Journal of Medicine, que mostrou que os triglicérides são mais perigosos para o seu coração do que o colesterol!

Então, por todos estes anos, por que o colesterol ficou como vilão ao invés dos triglicérides?

Bastante simples: o foco sempre foi o colesterol, dando-se pouca importância aos triglicérides, pois as medicações para baixar o colesterol eram a grande sensação e possível solução. Por outro lado, as drogas para diminuir o nível dos triglicérides ficaram em segundo plano.  Se tivesse sido valorizado, o “triglicéride” seria uma palavra doméstica assim como o “colesterol.”

Hoje sabemos tudo sobre as Estatinas: elas têm importantes efeitos colaterais e pouca ação contra as triglicérides, o que não é nada bom, concorda? Mas tem também a boa notícia: você não precisa de uma droga para se proteger dos perigos enormes dos triglicérides.  Você apenas precisa agir corretamente.

Protegendo-se dos triglicérides sem medicamentos

Eis como funciona:  o seu corpo converte as calorias que não usa em triglicérides e depois os armazena em células gordurosas.  Então, quando a ingestão de calorias em excesso está combinada com um nível baixo de atividade física – tudo isso multiplicado por dias e anos – eis um desastre da saúde, puro e simples. Além do seu coração ficar em perigo, essa gordura prepara o terreno para uma doença não alcoólica de fígado.

E agora? Como combater os triglicérides? Como falei antes, não precisa de remédio – e é mais fácil do que reduzir o colesterol! O primeiro passo é, é claro, cortar um pouco as calorias, especialmente de alimentos com adição de açúcares e qualquer fonte de carboidratos simples, como batatas e milho.  E o próximo passo é igualmente óbvio:  saia do sofá e faça um pouco de exercício!

Você não tem que correr uma maratona ou ficar sócio de uma academia. Apenas ponha aquelas calorias para trabalhar, para que elas não tenham a chance de se converter em triglicérides. Sugiro o treino supra aeróbico descrito no meu livro 20 Minutos e Emagreça.

Depois destes dois passos, veja alguns suplementos que podem ajudá-lo:

  • Niacina: Caso esteja tomando a niacina (uma forma de vitamina B3) para reduzir o colesterol, mantenha-a, pois as pesquisas mostram que a niacina também aumenta o HDL, e pelo menos um estudo afirma que ela corta as triglicérides pela METADE!
  • Ômega 3:Se você também estiver tomando suplementos ômega-3 junto com a vitamina E (como tocoferóis mistos) para a saúde cardíaca, novamente você está no caminho certo.  Demonstrou-se que ambas ajudam a diminuir as triglicérides.
  • Berberina: E finalmente há a berberina, um componente de várias ervas usadas por curandeiros chineses há séculos.  A berberina ajuda a controlar o açúcar sanguíneo, enquanto também diminui os níveis de colesterol e triglicérides.

[divider]

Referências bibliográficas:

  • Loss-of-Function Mutations in APOC3, Triglicerides, and Coronary Disease (nejm.org)
  • The American Journal Of Cardiology, July 24, 1991;68:1A-3ª
  • Family Practice News, April 1, 1992;29
  • Adv Ther, 2011 Nov 21
  • J Clin Lipidol, 2014 Jan-Feb; 8(1): 61-8
  •  Eur J Clin Nutr, 2003;57(Suppl 1):S22-S25.
  • Cancer, January 15, 1998;82(2):395-402
  • CMAJ, March 5, 2002;166(5):608-615
  • Arterioscler Thromb Vasc Biol, August 2001;21:1320-1326
  • The Journal of Family Practice, 1992;34(3):313-319.
Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)
Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER