Reposição de iodo: suplementos podem piorar sua saúde

Como se sabe, a deficiência de iodo leva ao comprometimento da função tireoidiana. Essa é uma situação preocupante, pois está correlacionada a diversas doenças, inclusive o câncer.O problema é que, segundo estudos, isso não é tão incomum. De acordo com Dr. David Browstein, que tem usado iodo por duas décadas, cerca de 95% das pessoas estão deficientes dessa substância. Por outro lado, tenho percebido o aumento da suplementação de iodo, o que é igualmente motivo de alerta: até os médicos devem fazer isso com muito cuidado!

A verdadeira razão de você estar tornando-se gordo, lento e fraco: o segredo TÓXICO escondido na sua casa!

Tente advertir a maioria das pessoas sobre os perigos do flúor e estas pessoas lhe tratarão como um doido da teoria da conspiração, apesar de que qualquer um que leia sobre ciência – e eu quero dizer TODO MUNDO – concorde que o flúor é tóxico.Não há discussão sobre isto. Nenhuma.  Mas no mesmo discurso, eles alegarão que um pouquinho de veneno na água não vai te prejudicar. Bem, amigo, é hora de acabar com essa visão, pois até uma pequena dose de veneno pode certamente estragar você.

Alerta! A nutrição pode ajudar até em acidentes nucleares

No mês passado (22/08/15), o jornal “O Estado de São Paulo” publicou uma matéria muito preocupante. Os poços da zona rural de Caetité, na Bahia, estariam, segundo a reportagem, altamente contaminados por Urânio. Isso é algo que certamente está causando impactos negativos à saúde dessa população.É um caso complicado, e dou aqui meu alerta e sugestão para essas pessoas – não só para os habitantes da cidade, mas para todos em um raio de 300km do local de contaminação, que podem ser afetados.

Câncer de tireoide tem se tornado um mal cada vez mais frequente

Um dado alarmante, mas que representa muito bem o que vem acontecendo ultimamente, é o número crescente dos casos de câncer de tireoide. As pesquisas mais recentes sugerem que esse crescimento pode ser devido ao excesso de investigação, fazendo com que haja uma maior incidência nos diagnósticos. Porém, alguns especialistas alertam que estas investigações estão gerando erros de diagnósticos de tumores inofensivos.Para se ter uma ideia, nos Estados Unidos, de 1994 para cá,  o número de casos de câncer de tireoide dobrou, enquanto na Coreia do Sul houve um aumento em até 15 vezes nos últimos 20 anos. Neste caso, o índice se deve a uma ênfase no programa do Governo para o diagnóstico da doença.

Respostas do “Pergunte ao Dr. Rondó” – 20/01/13

Luciana Alexandre Gumiero: Dr. Rondó, gostaria que o senhor comentasse sobre qual a alimentação ideal pra quem teve câncer de intestino e se tem algum alimento, como a carne, por exemplo, que deva ser retirado totalmente dos hábitos alimentares. Grata. Vou acompanhar suas publicações.Dr. Rondó: A alimentação ideal para cada indivíduo depende do tipo metabólico. O consumo de carne só não é adequado quando se consome na forma esturricada ou na forma de embutidos. Dê preferência à carne de gado criado em pasto em relação aos produtos de confinamento, pois se trata de um produto mais saudável.

Um caso de identidade equivocada: o que a sua fadiga pode realmente significar?

Qualquer médico sabe que por mais inocente que possa parecer a fadiga, ela também pode ser uma bandeira vermelha que indica um problema mais sério.Então, já que ela não é exclusiva de uma doença específica, descobrir o que está na raiz da sua fadiga pode ser problemático.  Pode ser o efeito colateral de uma droga que você está tomando ou então uma indicação de algo mais sério, como doença cardíaca ou câncer. Mas uma das razões mais comumente ignoradas para a fadiga é o hipotireoidismo.

Óleo de coco: de volta para o futuro

Vivemos em uma época de quebra de paradigmas facilitada pelo acesso rápido à informação proporcionada pela internet, o que pode levar a confusões, quando não nos dispomos a estar atualizados. Outra grande dificuldade é em que acreditar, pois há informações novas e antigas, antagônicas, que coexistem. Se tomarmos em nossas mãos artigos médicos recentes e livros atuais veremos a abundância de estudos científicos validando os benefícios da gordura saturada boa, e no caso em questão, o óleo de coco.Por 60 anos, as autoridades médicas nos fizeram acreditar que gordura saturada elevava colesterol, causava doenças cardíacas, obesidade e até o mal de Alzheimer. Nós, pobres mortais, deixamos de consumi-la esperando dias melhores. Mas essas doenças continuam aumentando.

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER