Saiba o que significam as informações dos rótulos de óleo

Uma coisa é certa: nós não temos ciência dos processos destrutivos aos quais os óleos estão sujeitos antes mesmo de serem consumidos.  E isso não é culpa nossa! Nós não temos essa noção, pois por convenção, os rótulos dos óleos deixam de nos informar sobre pontos importantes e extremamente relevantes para a nossa saúde.Existe uma série de detalhes que não podem passar em branco. Por exemplo, ao comprarmos um óleo precisamos saber se ele é ou não refinado; caso ele seja é importante que você saiba que ele já não contém os ácidos graxos essenciais e, por isso, torna-se lesivo para o nosso organismo.

Você usa óleo de canola? Então, leia este artigo com bastante atenção!

Já não é de hoje que o óleo de canola vem sendo promovido como sendo o óleo ideal para cozimentos e saladas; por muito tempo ele vem sendo considerado a mais saudável entre todas as opções. Acontece que isso é mentira. A verdade é que o óleo de canola é altamente processado e, por isso, traz muitos perigos para a saúde.É engraçado ver como as pessoas ficam desapontadas quando digo isso a elas. Mas, esse desconhecimento não é culpa delas, e sim, o resultado da manipulação feita pela mídia, que as fez acreditar que o óleo de canola é um milagre.

Respostas do “Pergunte ao Dr. Rondó” – 10 a 16/12/12

Simone Carvalho:  500mg de óleo de linhaça em cápsulas diário é suficiente para acabar com transito intestinal lento?Dr. Rondó: Cada caso é um caso. Porém, nessa dosagem certamente é pouco! Para a finalidade que você relatou é interessante pensar no óleo de coco.

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER