hemácias agrupadas que formam a viscosidade sanguínea

Precisamos falar sobre a sua viscosidade sanguínea!

Apesar de décadas de tratamentos para abaixar o colesterol, regular os ritmos cardíacos e reduzir o sal e a gordura, a doença cardiovascular é ainda o assassino número um de adultos no mundo industrializado.

Banha de porco: o ingrediente secreto dos nossos avós!

Quantas vezes você já teve a oportunidade de ouvir, seja dos seus avós ou até mesmo dos seus pais, que “antigamente a comida não era assim”. E isso não é exagero deles, não! Eles têm mesmo do que sentir saudades.Na época deles, quando iam para a cozinha, toda a refeição era preparada com um ingrediente que emprestava um sabor todo especial à comida e que, infelizmente, nós não conhecemos. Eu estou falando sobre algo muito bom e bem antigo: a banha!

É muito Stent para pouca solução!

Só na última década, mais de sete milhões de americanos colocaram Stent em suas artérias do coração, sendo que a grande maioria provavelmente não precisava desse procedimento como primeira e única alternativa.Em minha opinião, bem como na de diversos especialistas, os Stents não deveriam ser colocados nas artérias a menos que o paciente apresentasse uma obstrução muito significativa no fluxo sanguíneo para o coração, que provocasse o infarto da musculatura cardíaca ou uma dor incontrolável no peito. É preciso deixar claro que os Stents não funcionam como preventivos para ataques cardíacos ou derrames.

Não obstrua as suas artérias. Cuide da sua higiene bucal!

Saiba como a má higiene bucal aumenta o seu risco cardíacoSe os olhos são as janelas para a sua alma, a boca é a janela para o seu coração.  E se a sua própria boca parece e cheira como se algo tivesse entrado e morrido nela, então você talvez queira ter o seu cardiologista em discagem rápida no seu telefone celular.  E aproveitando, já que você está com o telefone na mão, considere ligar para o dentista também.

Corrida de longa distância danifica o seu coração

Você se orgulha por correr quilômetros e mais quilômetros todas as semanas? Você ama o desafio e a adrenalina de completar uma maratona? Se todas as respostas foram sim, fique atento!Como corredor eu entendo o impulso que leva muitos atletas e guerreiros de fim de semana a competir nestes eventos vigorosos.  Mas, agora que eu tenho examinado as pesquisas mais recentes, eu acredito firmemente que fazer isso pode colocar o seu coração em risco.  Por exemplo, dois estudos recentes demonstraram:

De volta para o futuro!

Por 60 anos, as autoridades médicas nos fizeram acreditar que gordura saturada elevava o colesterol, causava doenças cardíacas, obesidade e até o mal de Alzheimer. E nós, pobres mortais, deixamos de consumir uma infinidade de coisas esperando por dias melhores.Acontece que o tempo passou e essas doenças continuaram aumentando, o que significa que algo deve estar errado. Em populações de ilhas do Pacífico, que retiram de 30 a 60% de suas calorias diárias do óleo de coco, rico em gordura saturada, os índices de doença cardiovascular são ínfimos. Isso quer dizer alguma coisa, não é mesmo?

Uma fonte inesperada oferece proteção sem precedentes para os seus olhos, coração e cérebro

Aposto que você deve estar curioso para saber que fonte milagrosa é essa. Então, sem maiores mistérios, apresento-o a astaxantina, um nutriente fundamental encontrado em algas microscópicas e o qual seu organismo não pode viver sem. Sua importância deriva da grande proteção que esse antioxidante oferece contra a principal causa da cegueira: a degeneração macular relacionada à idade avançada.É importante destacar que, enquanto está protegendo os seus olhos, você também pode estar reduzindo o risco de câncer, doença cardiovascular e doenças neurodegenerativas.

Óleo de coco: a proteção antioxidante ideal para o seu organismo

Doença cardíaca, câncer, hipertensão, rugas, manchas de envelhecimento, artrite, cataratas e memória diminuída. Você saberia me dizer o que todas essas condições têm em comum?Certamente dirá que elas acontecem devido ao envelhecimento. Mas, sinto em te dizer que essa não é a causa. O que está ocorrendo é uma geração aumentada de radicais livres, o que acaba causando essas doenças degenerativas.

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER