alimentos ricos em ácido linoleico conjugado, como carnes leite e seus derivados

Ácido Linoleico Conjugado (CLA) emagrece e combate mais de 11 problemas de saúde

O Ácido Linoleico Conjugado é um ácido graxo único encontrado quase que exclusivamente em animais ruminantes e gorduras de laticínios.O CLA somente foi reconhecido há algumas décadas, tendo sido descoberto pelo pesquisador australiano Peter Parodi, que deu o nome de ácido alfa-ruminante, pela sua origem no Rumen. Mas ele é popularmente conhecido pela sua sigla, CLA.Anos após a descoberta do Dr. Parodi, um grupo da Universidade de Wisconsin, liderado pelo bioquímico Michael Pariza, realizou profundo estudo comprovando as propriedades anticâncer do CLA. Em seguida, o mesmo grupo de pesquisadores comprovou também o efeito de queima de gorduras de depósito. E assim, o CLA se tornou muito falado e procurado por esses 2 objetivos.

Veja porquê eu não indico o uso do óleo de cártamo

Para início de conversa, precisamos desfazer um mito. Eu preciso que você esqueça aquela conversa de que o óleo de cártamo (ácido linoleico), quando consumido em determinada quantidade, se transforma em CLA (ácido linoleico conjugado). Isso é mentira!Essa confusão começou quando um bioquímico universitário publicou em seu site um artigo sobre o CLA dizendo que os indivíduos poderiam consumir ácido linoleico e com isso transformá-lo em CLA. Essa informação é estimulante, mas extremamente mentirosa.

Carne vermelha, o grande segredo dos campeões

O grande segredo dos campeões!Nos últimos 25 anos, milhões de pessoas, inclusive atletas de resistência, foram levados a acreditar que a alimentação ideal deveria ser à base de carboidratos, com pouca gordura e relativamente pouca proteína. Algumas se tornaram vegetarianas, outras passaram a buscar proteínas em alimentos com pouca gordura como clara de ovo, frango, peito de peru e peixes magros. Carne vermelha, jamais! Atletas, em especial, provavelmente se convenceram que consumir um bife era mais perigoso do que usar anabolizante.

Custo que vale a pena pagar

Uma boa alimentação sempre irá pesar menos no seu bolso do que eventuais tratamentos médicos por descuidos com a saúde.Veja algumas vantagens de ter à mesa produtos de animais criados a céu aberto que se alimentam de maneira natural, longe de confinamentos em galpões apertados, muitas vezes mal iluminados, e de rações empobrecidas ou mal balanceadas.

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER