Atividade Física

Quer eliminar aquela famosa barriguinha? Então veja isso!

Para você que está tentando acabar com aquela barriguinha e ainda usa como método a velha abdominal, eu tenho que te dizer que existem modos muito mais eficientes para isso.

Uma pesquisa demonstrou que a prática de exercícios abdominais cinco vezes por semana, em um período de seis semanas, não apontou nenhum efeito nos depósitos de tecido subcutâneo e na circunferência abdominal.

Em vez disso você deve usar estratégias para reduzir o seu cortisol. O cortisol é um hormônio que quando elevado depleta massa muscular magra e preserva a gordura na região abdominal.

O cortisol é produzido pelo estresse extremamente envelhecedor e degenerativo. A diminuição do estresse torna-se fundamental.

 

A chave na estratégia de redução de gordura abdominal

Cerca de 80% da sua habilidade em reduzir o excesso de gordura são determinados pelo o que você come, sendo que os outros 20% estão relacionados ao exercício e outros hábitos de vida saudáveis como dormir o suficiente e reduzir o estresse.

Isso significa que se a sua alimentação é baseada em açúcar, frutose e alimentos processados, suas chances de ficar magro e com o abdômen trabalhado, mesmo treinando religiosamente, são poucas.

Você só terá progressos quando de fato reduzir a gordura abdominal. E não será com uma alimentação pobre, que promove o excesso de gordura, que você conseguirá, independente do exercício que faça.

As medidas dietéticas mais importantes para o sucesso na redução da área abdominal são:

1)      Reduzir ou eliminar o açúcar da sua alimentação. Isso inclui todos os tipos de açúcar e frutose, do refinado ao todo natural, como agave e mel, assim como os grãos (inclusive os orgânicos), pois esses se transformam rapidamente em açúcar no seu corpo. Uma das mais perniciosas influências alimentares no seu objetivo de perder peso é a frutose, que está em muitos alimentos e bebidas e para isso sugiro:

a)      Limite o consumo de frutose a 15 gr/dia.

b)      Reduza todo o consumo de alimentos refinados, processados e bebidas adoçadas, inclusive suco de frutas.

c)       Elimine todo o glúten e outros alimentos alergênicos.

d)      Evite todo tipo de adoçante artificial.

e)      Evite o consumo de cereais matinais, pães, sobremesas com grãos (bolos, cookies, donuts, tortas e barras de granola).

f)       Evite refrigerantes, energéticos e sport drinks.

g)      Abra mão do fast food.

 

Agora, veja o que é normalmente considerado saudável, mas contribui para o seu problema de peso, pois está cheio de açúcar e/ou frutose:

·         Iogurte.

·         Frutas ricas em frutose: maçã, pera, uvas, melão, e manga.

·         Frutas secas: uvas, figo e damasco.

·         Condimentos e molhos de salada prontos.

·         Alimentos diet e lanches.

·         Águas enriquecidas.

 

2)      Aumente gorduras saudáveis na sua alimentação, como as gorduras saturadas boas e ômega 3 de origem animal, tais como:

– óleo de oliva e olivas;

óleo de coco e coco;

– castanhas como amêndoas e nozes;

– óleo de palma;

– abacate;

– óleo de nozes não aquecido;

– carne de animal criado em pasto;

– ovos orgânicos (gema);

– manteiga produzida a partir do leite de vacas criadas em pasto.

 

3)      Siga o programa do tipo metabólico personalizado, onde vai conseguir o máximo de eficiência de queima de gordura respeitando a sua genética.

4)      Atividade física, especialmente com programas de treinamento de alta intensidade e com intervalos regulares onde você perde mais, treinando menos tempo.

 

Referências Bibliográficas:

– Forbes. March 27, 2012

– Annals of Internal Med. Oct 5, 2010; 153(7):431-41

– Journal of Strength and Conditioning Research. July 28, 2011

– Emagreça e Apareça. Editora Gaia, 2011

Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

2 Comments

Deixe uma resposta para VLADIMIR MOURA Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER