Prevenção

Problemas Dentários: a Raiz da sua Artrite ou Doenças Cardíacas

O que eu vou lhe falar é tão chocante que a maioria das pessoas até desistem de continuar a leitura, considerando isso como absurdo.

Mas e se for verdade?

A mais de 100 anos atrás, o Dr. Weston A. Price e uma equipe de 60 pesquisadores partiram para a procura da causa para o comprometimento dentário. Para encontrar respostas, ele estudou grupos de pessoas que tinham dentes fortes e saudáveis. Ele encontrou o que ele procurava entre grupos isolados de pessoas – os esquimós da América do Norte, as tribos africanas, os aborígenes australianos e as comunidades gaélicas, só para mencionar alguns.

Não importa em qual a parte do mundo, ele chegou à mesma conclusão:

A boa nutrição é a base dos dentes e das gengivas saudáveis.

Apesar das suas maneiras “primitivas”, todas estas pessoas tinham dentes lindos e retos, sem apodrecimento e com forte resistência para doenças. Elas também ingeriam dietas tradicionais altas em cálcio, minerais e vitaminas solúveis em gorduras e baixas em açúcar, farinha branca e conservantes, todas comuns na nossa cultura mais “civilizada”.

Essas pesquisas foram patrocinadas pela American Dental Association, com duração de 25 anos, aonde o Dr. Price sem querer fez uma outra descoberta fascinante:

Os canais dentários são os culpados desta epidemia moderna de doença

Doenças cardíacas, doenças circulatórias, artrite, doenças de rim e de bexiga, doenças cerebrais e outras doenças degenerativas… Tudo que você possa imaginar pode ser rastreado de volta para os dentes com raízes comprometidas.

Se você acha isto uma loucura, espere só para ver como o Dr. Price fez esta descoberta importante!

O Dr. Price removeu um dente infectado de um paciente que também estava sofrendo de artrite severa. Esta parte foi bastante clara, mas o que aconteceu em seguida deveria ter mudado o future da medicina. Depois dele ter removido o dente infectado, os sintomas de artrite desta mulher desapareceram praticamente da noite para o dia.

Isto por si só é fascinante, mas fica melhor ainda. O Dr. Price implantou o dente infectado embaixo da pele de um coelho saudável. Dois dias depois ele ficou altamente acometido com artrite. Nos anos seguintes, o Dr. Price repetiu esse mesmo tipo de experiências e todas revelaram a mesma coisa:

As toxinas presentes no dente infectado causaram no animal a mesma doença da pessoa de que o dente foi extraído. Quando ele implantava um dente saudável, o coelho não desenvolvia nenhuma doença.

Mas como a artrite pode originar-se de um único dente?

A resposta sempre volta para a teoria focal de infecção do Dr. Price, que diz que uma infecção em um lugar pode causar sintomas em outra área do seu corpo. E é fato que isto é 100% aceito na comunidade médica hoje.

Principais problemas com os canais dentários

São eles:

(1) A infecção no canal dentário é muito difícil de ser eliminada durante o procedimento de canal.
(2) Há um grande risco das toxinas contidas no canal dentário escapem e entram na sua corrente sanguínea.

Quando você entende a estrutura do dente, e fácil ver a razão disto.

Cada dente contém milhares de túneis minúsculos que transportam nutrientes do sangue do dente para todas as partes do seu corpo. Depois de um tratamento de canal, os túbulos permanecem intactos, mas o fluído não flui mais para dentro e para fora. Esta “zona morta” se torna um local perfeito para a bactéria anaeróbica montar acampamento.

Mesmo durante o processo de esterilização da terapia de canal radicular, as bactérias dentro dos túbulos dentários frequentemente permanecem intocadas. Então, para piorar as coisas, aquela mesma bactéria tem a tendência de se tornar menor e mais virulenta, com muito mais toxinas venenosas.

Se as toxinas permanecessem dentro do dente, nada disto seria um problema. Mas não permanecem. Estas toxinas podem vazar do dente, entrar na corrente sanguínea e ser transportadas para outras áreas do corpo. Neste momento, você será afetado com uma infecção recorrente onde quer que as toxinas decidam a montar acampamento.

E se você acha que pode depender dos antibióticos para erradicar a infecção, sinto lhe dizer que estes são COMPLETAMENTE INÚTEIS contra a bactéria que vive dentro do dente com a raiz preenchida.

Já que o seu dente agora está morto, ele não tem uma fonte de sangue para o seu interior, que significa que os antibióticos não têm maneira alguma de chegar à bactéria. Aliás, as únicas pessoas que não são afetadas são aquelas que têm sistemas imunes sólidos como rochas. E vamos encarar a realidade. Hoje em dia, essas pessoas são raras.

O que fazer?

Até que possamos descobrir uma maneira de matar toda a bactéria nos túbulos dentários e no osso em volta, a MELHOR coisa que você pode fazer é focar na prevenção da deterioração dentária para início de conversa, fazendo um bom acompanhamento preventivo odontológico que pode ser 1 a 2 vezes por ano, dependendo do seu caso.

Quem vai decidir isso é o seu dentista!

E, como o Dr. Price descobriu tanto tempo atrás, a melhor maneira de fazer isto é através da sua dieta. Elimine todos os alimentos processados, o açúcar e a farinha branca – e atenha-se aos alimentos integrais.

Referências bibliográficas:

  • Whole Body Dentistry. Mark A. Breiner, D.D.S.
  • Root Canal Cover up. Dr. George Meinig. Bion Publishers
  • The Douglas Report. Jun 2010 vol. 10, nº 2
  • Dental Infections – Oral and Systemic. Vol I, Dr. W. Price
  • Dental Infections and the Degenerative Disease. Vol II, Dr. W. Price
  • Nutrition and Physical Degeneration. Dr. W. Price
Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER