Saúde

Preocupado com a interação entre remédios e fitoterápicos? Veja as informações que preparei para você.

Tem muita gente por aí dizendo por aí que “fitoterápicos não são perigosos”. Mas, será que esse tipo de tratamento tem a mesma reação que os remédios? Será que essas reações podem ser perigosas?

Pois saiba que a interação entre fitoterápicos e remédios pode ser perigosa, sim, dependendo do fitoterápico, do remédio e da combinação dos dois.

Então, para ajudar você no processo de conjunção entre os fitoterápicos e outros remédios preparei algumas regras básicas que farão toda diferença. Tome nota:

1) Se você está tomando algum remédio e deseja fazer uso de um fitoterápico o melhor é procurar o conselho de um profissional treinado no uso de fitoterápicos;

2) As seguintes medicações tem uma estreita janela terapêutica (significando que podem se tornar perigosamente tóxica ou perigosamente inefetiva, com uma relativa pequena mudança na sua concentração sanguínea): medicação para o coração, anticoagulante, drogas antirrejeição, medicações anti-HIV, fenitoína e fenobarbitúricos. Nunca tome qualquer fitoterápico com esses remédios exceto em caso de supervisão médica;

3) Se você tem problemas cardíacos, hepáticos ou renais, se é idoso, gestante ou recebeu algum órgão transplantado ou tem alguma doença genética que altera o metabolismo, não use fitoterápicos junto com remédios a menos que seja sob supervisão médica;

4) Evite tomar fitoterápico junto com remédios no mesmo tempo, sempre separe algumas horas entre eles;

5) Se você tem algum problema sério de saúde e está sendo tratado com remédios químicos, não use fitoterápicos a menos que seja sob orientação médica;

6) Pare de tomar qualquer fitoterápico por cerca de uma semana antes de procedimentos cirúrgicos.

7) Converse bem com o seu médico sobre qualquer suplemento fitoterápico, pois há muita especulação quanto à interação fitoterápico/remédios. Aprenda a diferenciar o que é conhecimento real e o que é especulação.

8) Se você suspeita que algum fitoterápico que esteja tomando está lhe causando interações, pare de tomá-lo e converse com o seu médico.

 

Seguindo esses conselhos você irá garantir o melhor aproveitamento de seu tratamento e não estará prejudicando a sua saúde!

 

Referências bibliográficas:

– St. John’s Wort: A Systematic Review of Adverse Effects and Drug Interactions for the Consultation Psychiatrist,” Hammerness P, Ulbricht C, et al, Psychosomatics, July-August 2003;44(4):271-282

– Anti-Platelet Activities of Some Medicinal Herbs,” I-San Lin, R., Journal of The American College of Nutrition, 1997;16(5):502/Abstract 119

– Drug-Herb Interactions: How Vigilant Should You Be?” Pennachio DL, Patient Care, October 15, 2000:41-69

– Talk Toxicity to Patients Using Herbal Drugs,” Tucker, Miriam E., Skin and Allergy News, March, 1997;31.

– Herb-Drug Interactions: Potentially Important but Woefully Under-Researched,” Ernst E, Eur J Clin Pharmacol, 2000;56:523-524.

 

Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER