Especiais

Peru: não coma só no Natal!

O peru é uma tradição no Natal. Nessa época, é muito vendido e consumido pela população. Vou te falar uma coisa: acho isso muito pouco! Esse é um ótimo alimento que deveria ser consumido sempre, e não só no final do ano. A carne de peru é um tesouro, rica em glutamina, um aminoácido poderoso que regula a pressão arterial, fortalece o seu coração e melhora o sistema imunológico, por estimular a produção do super antioxidante glutationa.  Além disso, estimula o seu Hgh.

Na verdade, no peru há cerca de 20 aminoácidos que ajudam a aumentar a energia, acabam com o estresse e dão uma pausa nas suas glândulas adrenais, dando-lhe de volta o entusiasmo das férias. Com somente uma pequena porção de peru (100g), você teria cerca de 9 gramas de aminoácidos, que o seu corpo pode converter em glutamina de acordo com a sua necessidade.

Além disso, o peru é rico em ômega 3 (caso não tenha sido criado em confinamento). O ômega 3 é fundamental para a sua saúde; sem ele, aumenta muito o risco de doenças como:

  • Doença cardíaca;
  • Diabetes;
  • Artrite;
  • Depressão;
  • Problemas de pele;
  • Degeneração macular.

Quantidade baixa de gordura

A carne de peru tem pouquíssima gordura. Veja a comparação com outras aves:

  • Pato e Ganso ➣ 30%
  • Frango ➣  20 a 25%
  • Peru ➣ mais magro que o frango

Conteúdo de gordura (% do peso total)

Gordura total Pele Carne Branca Carne Escura Ácido Linoleico (w6)
Peru jovem 14,7 39,2 0,4 2,6 15 – 20
Peru velho 14,7 39,2 1,2 4,2 14 – 20
Frango 17,9 28,9 1,9 – 3,7 4,7 – 7,5 20 – 25
Ganso 31,5 7,1
Pato 28,6 8,2
Pato Selvagem 15,8 5,2

A carne de peru sem pele é a mais magra e seca de todas, mas a gordura deixa a carne mais úmida. Já a carne branca contém menos gordura que carne escura, portanto, é mais seca. Nós encontramos frequentemente esse tipo na época do Natal!

A pele das aves é cheia de gordura. Os órgãos internos contêm mais gordura do que carne de músculo, mas menos que pele. A carne de galinha contém 25% de ômega 6, bem mais do que carne vermelha (cerca de 2%) ou de porco (mais de 10%), mas contém muito menos ômega 3 do que óleo de peixe e óleo de linhaça

Carne branca

A carne branca é encontrada em músculos menos usados. Ela contém mais glicogênio, que se deposita no fígado, sendo degradado em glicose quando necessário pelo músculo.

  • Preferível para Topo metabólico Carboidrato
  • Pobre em vitaminas e minerais, gordura saturadas e ácidos essenciaisOmega 3 e 6    
  • Contém aminoácidos ricos em Purina

Carne escura

Já a carne escura está presente em músculos mais usados. Apresenta mais mioglobulinas, que ajudam a levar oxigênio às suas células musculares.

  • Preferível para Topo metabólico Proteína
  • Rica em vitaminas como complexo B e minerais como zinco e ferro
  • Rica em gorduras saturadas Omega 3 e Omega 6
  • Contém aminoácidos ricos em Purina

[divider]

Referências bibliográficas:

  • Journal of Agricultural and Food Chemistry 2008 Jul 23;56(14):5884-91
  • Fats that Heal Fats that Kill. Alive Books.1993
Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)
Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER