Alimentação

Para o seu bem, não retire a carne vermelha de sua alimentação

Você que é vegetariano, vegan ou ainda está pensando em mudar radicalmente a sua alimentação cortando de vez a carne vermelha do seu cardápio, leia atentamente este artigo. Você verá que retirar a carne vermelha de sua dieta, ao contrário do que pensa, não traz benefício nenhum à sua saúde. E o pior: essa ausência pode causar danos irreversíveis para sua vida.

Uma informação importante, e que você deve levar em consideração, é a de que o seu radicalismo (ou opção, como preferir) pode estar colocando a sua vida em risco. Devido ao tipo de alimentação, 70% dos vegetarianos têm altíssimos níveis de homocisteína no sangue e são muito deficientes em vitamina B12, o que pode acarretar uma morte súbita. E há estudos que comprovam isso!

Para entender um pouco mais sobre a importância do consumo da carne vermelha, vamos conhecer a diferença entre os grupos alimentares vegetarianos, vegans e onívoros:

• Vegetarianos são aqueles que consomem laticínios e ovos, mas não comem carne de frango ou peixe e, muito menos, carne vermelha;

• Vegans são aqueles que não consomem absolutamente nenhum produto que tenha origem animal;

• Onívoros são aqueles que consomem o que lhes agrada. E fazem muito bem por isso!

Nestes grupos os vegetarianos e os vegans são os que correm maior risco de desenvolverem doenças cardiovasculares, pois não consomem a quantidade adequada de metionina, um aminoácido essencial, encontrado em grande quantidade na proteína animal.

Sendo assim, se compararmos o nível de homocisteína entre os onívoros e os vegans, veremos que este foi 50% maior no grupo vegan o que comprova a necessidade do consumo de produtos de origem animal, principalmente a carne vermelha.

É importante também que você saiba que a vitamina B12, indispensável na formação de nosso sangue entre outras funções, não está presente nas plantas. Então, viver somente de salada não adianta nada. Para se ter uma ideia, nos organismo dos vegans há uma deficiência de 78% dessa vitamina, assim como há 26% nos vegetarianos. E os onívoros podem comemorar mais uma vez, pois possuem um nível normal desta vitamina.

E as más notícias para os que abandonaram a carne vermelha não param por aí. Se você, mesmo depois de ler as informações acima, ainda se mantém firme no seu propósito de achar que vai ser mais saudável, saiba que você tende a desenvolver uma severa deficiência da Coenzima Q10. E, talvez, você não vá gostar de saber que a CoQ10 é, provavelmente, o nutriente isolado mais importante para o seu coração, controlando a energia e o protegendo contra danos causados pela oxidação.

E, sabe onde está a maior e melhor fonte de CoQ10? Na carne vermelha, especialmente na de gados criados no pasto.

Se você quer um conselho, é melhor começar a rever os seus conceitos enquanto ainda há tempo. Depois não vai adiantar chorar pela carne rejeitada! Combinado?

Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER