Prevenção

O Segredo Indiano Antienvelhecimento

Quando se fala em antienvelhecimento, se pensa em injeções vaidosas de Botox, facelifts, lipoaspiração e todo o resto. Mas o antienvelhecimento não se trata só de ficar bonito no espelho – também se trata de manter afastadas aquelas doenças que parecem ser uma parte inevitável do envelhecimento.

Trata-se daquelas condições que são rotuladas de “doença de gente velha” como: doenças cardíacas, diabete, dores nas articulações, problemas vasculares, resistência à insulina.

Todas elas têm algo em comum, e que não é nada inevitável…

Eu estou falando de INFLAMAÇÃO.

Ter o controle da inflamação pode ser a melhor maneira de prevenir as reclamações tão comuns no “ficar mais velho”, além de mantê-lo cheio de vitalidade e energia.

E existe um condimento, muito comum na Índia, que certamente é o que você precisa para combater a inflamação do seu corpo.

Trata-se da CÚRCUMA, conhecida como açafrão, que contém um composto poderoso, a CURCUMINA, que é o responsável pela cor amarela desse condimento.

Benefícios de saúde da Cúrcuma

  • Ajuda a manter seu sistema digestivo saudável
  • Promove a saúde cognitiva, apoiando a divisão celular saudável.
  • Modula cerca de 700 genes
  • Afeta moléculas de sinalização, por agir em moléculas inflamatórias, DNA e RNA
  • Beneficia o seu coração, cérebro e articulações. Até demonstrou-se que ela ajuda a proteger o tecido cardíaco e tem efeitos benéficos sobre o aumento do tamanho do coração em ratos.
  • Promove o seu bom colesterol e ajuda a reduzir o mau colesterol. Em um estudo piloto aberto, 10 voluntários conseguiram aumentar o HDL (bom) em 29% e diminuir o nível total em 12%.
  • Evita a oxidação de lipoproteínas de baixa densidade
  • Inibe trombose e infarto do miocárdio
  • Melhora a cicatrização de feridas
  • Protege contra cataratas, danos ao fígado, toxicidade pulmonar, fibrose e danos induzidos pela radiação

Além disso, se mostrou promissor em ajudar a combater doenças como:

  • Doença de Parkinson e Alzheimer: a curcumina atua como um agente neuroprotetor contra essas doenças, embora seja necessária uma análise mais aprofundada para confirmar isso.
  • Osteoartrite: os resultados de um estudo de 2011 mostraram que pacientes que adicionaram 200 miligramas de curcumina ao tratamento diário sofreram menos dor e maior mobilidade.
  • Câncer: a curcumina parece ser útil para quase todo tipo de câncer, porque o composto pode afetar múltiplos alvos moleculares através de muitas vias. Ela age seletivamente nas células cancerígenas, não sendo tóxicas às células saudáveis.
  • Eficaz contra gastrite, úlcera péptica e câncer gástrico, que são todos causados por bactérias Helicobacter pylori (H. pylori). Segundo estudo de 2009, a curcumina conseguiu inibir efetivamente o crescimento de H. pylori in vitro em camundongos, independentemente da composição genética das cepas de bactérias.

Curcumina: alta habilidade anti-inflamatória

Infelizmente, a inflamação não controlada em seu corpo te envelhece prematuramente.
As evidências mostram que a melhor maneira de retardar o processo de envelhecimento é manter a inflamação sob controle.

E embora haja várias substâncias que podem te ajudar a fazer isto, as evidências são claras de que a curcumina está no topo do seu checklist de combate à inflamação.

Os estudos mostram que ela inibe muitas das substâncias no seu corpo que promovem a inflamação, como o fator de transcrição NF-kB. Essa substância é um dos principais culpados pela inflamação porque ela envia um sinal a várias citocinas pró-inflamatórias (como a IL-1,IL-6, eTNF-a). Além disso, é um modulador extremamente poderoso de COX-2.

Segundo um estudo duplo-cego cruzado publicado no Indian Journal of Medical Research, a curcumina promove flexibilidade e conforto nas articulações, pela sua habilidade de regular a produção de COX-2.

Numa revisão publicada em Immunity & Aging, os pesquisadores relatam: a curcumina tem extraordinária potência anti-inflamatória, especialmente em inflamações silenciosas, o que significa que é uma das melhores armas que você pode incluir no seu arsenal antienvelhecimento.

Aproveite essa saborosa maravilha!

Referências bibliográficas:

  • “Turmeric”, The World’s Healthiest Foods
  • Institute of Food Technologists, January 11, 2011
  • The Douglas Report. July 2010
  • Osteoarthritis Cartilage 2015 Jan;23(1):94-102
  • Arthritis & Rheumatism November 2006: 54(11); 3452-3464
  • Thrombosis and Haemostasis 2015: 113/2 (Feb) pp. 221–435
  • J of the Am Chemical Society 2009 Apr 1;131(12):4490-8
  • Antimicrob. Agents Chemotherapy. April 2009 vol.53 no.4 1592-1597
Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER