Alimentação

O que você ainda não sabe sobre o suco de laranja

Quando você vai ao supermercado e encontra uma embalagem de suco de laranja 100% puro, onde o suco de fruta é de origem não concentrada, em nada isso tem a ver com a laranja que você pode espremer em um copo na sua cozinha. Ao contrário, a maioria das marcas populares de sucos usa processos químicos para criar um suco com gosto e cheiro de laranja!

É importante refletir sobre o que realmente você está entendendo. Muitas vezes os rótulos não dizem nada que tenha correlação com a verdade.

Pense sobre isso! Se o suco de laranja foi recentemente embalado, o sabor deveria variar de lote para lote. E isso é muito fácil de entender uma vez que nem toda laranja tem exatamente o mesmo gosto. Algumas são doces e outras mais azedas. Também, cada marca de suco tem um gosto particular e que é unicamente dele, e a razão para isso é a fidelização do consumidor.

Como o suco de laranja é realmente feito:

De forma geral, quando você compra uma bebida que sempre tem o mesmo gosto, você pode ter certeza que ela é feita usando uma fórmula patenteada. Além disso, essa formulação contém sabores que podem ou não serem definidos como naturais.

O PhD, Alissa Hamilton J.D., parceiro da Food and Society Policy (Política de Alimentação e Sociedade), com o Instituto para Agricultura e Política Comercial (IATP), explica como o suco de laranja é feito.

Segundo Hamilton, a tecnologia de escolha no momento é o depósito asséptico que envolve retirar o oxigênio do suco, um processo conhecido como “deaeração”. Através desse sistema o suco não oxida em tanques de milhões de litros, podendo ser mantido por um ano.

Com a retirada do oxigênio do suco, retira-se também o flúor. Com isso os fabricantes de sucos se tornaram companhias de sabor e fragrância, do mesmo tipo que formula perfumes para Dior e Calvin Klein. A diferença é que as empresas de suco engenhosamente recolocam o sabor para recuperar o paladar adocicado da bebida.

O fato de você não observar nenhum comentário no rótulo sobre a adição de sabores é porque esses são derivados de essências de laranja e óleos. Entretanto, a aparência de ser natural não necessariamente significa isso.

O suco é também preparado para atingir o gosto preferencial do mercado, e contém diferentes flavorizantes ou químicos dependendo para onde será enviado o produto final.

Por exemplo, se o produto é feito para o mercado americano, ele conterá altas concentrações de ethylbutyrato, que é um dos químicos mais comuns em sabor e cheiro.

Outros mercados como o Brasil, tendem a ter químicos diferentes, como compostos terpene ou decanal.

A intenção, segundo Hamilton, não é que as pessoas parem de tomar suco de laranja, mas tenham consciência sobre o que estão ingerindo e tirem as suas próprias conclusões.

Saiba por que eu não recomendo os sucos de fruta.

Mesmo sabendo que só a fruta espremida na hora tem realmente o suco de fruta, ele não é tão saudável como parece, especialmente se você está acima do peso ou tem:

– resistência à insulina ou diabetes;

– gota; – doença cardíaca;

– hipertensão arterial;

– colesterol elevado;

– câncer.

As laranjas espremidas na hora podem ser uma boa fonte de vitaminas e outros nutrientes, mas ela é muito rica em frutose.

Para se ter uma ideia um copo de suco de laranja contém cerca de oito colheres de chá de açúcar e, ao menos 50% desse açúcar é frutose. Isso é quase tanto quanto uma lata de refrigerante que contém aproximadamente dez colheres de chá de açúcar.

Portanto, um copo de suco de laranja fornece mais de 25 gramas de frutose, o que vai além do que você deve ingerir durante todo o dia.

Adicionar o suco de fruta à alimentação é muito pior do que consumir a fruta natural, especialmente se não é um suco feito na hora e estocado em recipientes.

Frutose: o cupido do aumento de obesidade

A frutose tem sido identificada como o cupido desse meteórico aumento de obesidade, diabetes e outros problemas de saúde. Isso porque a maioria dos problemas é causada pelo aumento do consumo de xarope de milho. Rico em frutose, esse xarope passou por um aumento de 11.000% em nossa alimentação nos últimos 35 anos. Ele é adicionado a quase todo alimento processado e nas bebidas. Portanto, se você tem alguma das doenças mencionadas acima, é melhor evitar a frutose que ocorre na fruta se quiser garantir o seu bem-estar.

Precisamos rever os nossos conceitos sobre alimentação correta, pois muito do que era bom no passado, conforme nos foi ensinado, hoje não é mais verdade!

 

Referências bibliográficas:

Am J Clin Nutr. Apr 2004, 79 (4): 537 – 43

American Journal of Clinical Nutrition. Nov 2009, 72: 1128 – 1134

British Medical Journal. Feb 9, 2008, 336: 285 – 286

Food Renegade. July 28, 2011

J. Pediatr. Jun 2009, 154 (6): 807 – 13

JAMA. Nov 24, 2010, 304 (20): 2270 – 8

Journal of Nutrition. Dec 2000, 130: 3077 – 3084

Kidney Int. Apr 2010, 77 (7): 569 – 70

Semin Nephrol. Sep 2011, 31 (5): 410 – 9

 

Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

1 Comment

  1. Concordo plenamente sobre o comentário correto sobre os sucos industrializados. Sempre fui contra e sempre encontrei quem defendesse esse tipo de bebida.
    Em relação ao teor das vitaminas sei o quanto é difícil sua fixação no próprio suco ,haja visto que ao se cortar a fruta, a vitamina tende a se degradar com o passar do tempo, em minutos. A vitamina “C” dos cítricos, é uma das mais rápidas a sofrer degradação.
    Mas a indústria não divulga esses dados.

Deixe uma resposta para Edmilson Amorim Lima Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER