Prevenção

Porque o nariz escorre quando esfria

Diariamente estamos produzindo secreção nas nossas mucosas nasais, garganta, vias aéreas, estômago e intestino. Esse muco produzido tem a função de destruir invasores, como bactérias e vírus, antes que eles se alojem no seu corpo e causem infecção.

Certamente ficamos um pouco desconfortáveis cada vez que ocorre esse tipo de secreção, porém essa é uma forma do nosso corpo proteger nossas mucosas. Quando estamos adoecidos, com resfriado ou virose, ocorre maior produção de muco.      

O que ocorre quando esfria?

Com o tempo frio, o nosso corpo produz mais muco com o objetivo de aquecer o ar e lubrificar nossas membranas celulares, protegendo-nos das baixas temperaturas e do tempo seco. Com isso, permite a captação e remoção de corpos estranhos protegendo essa delicada mucosa, sendo engolida e destruída pelas enzimas estomacais ou eliminadas com o escorrer do nariz.

“Como o ar está frio, nosso corpo precisa aquecê-lo. A reação entre o quente e o frio causa o gotejamento de água.”

Como o ar está frio, nosso corpo precisa aquecê-lo. A reação entre o quente e o frio causa o gotejamento de água, que se mistura com o muco nasal, estimulando a sua eliminação. É aí que seu nariz escorre!

O que ocorre você fica adoecido?

Quando você está contaminado por um vírus ou bactéria, ocorre uma reação alérgica que aumenta a produção de muco como resposta imunológica. O objetivo é expulsar moléculas alergênicas ou viroses.

Essa secreção aumentada pode ser eliminada pelo nariz ou pela garganta, neste caso podendo gerar tosse, especialmente à noite. Caso a secreção nasal seja excessiva, pode obstruir a passagem pelo sinus, levando a infecção nessa região.

Além disso, caso essa secreção bloqueie a trompa de Eustáquio, pode levar a infecção de ouvido.

Prevenção de gripes e resfriado

Com o aumento destas secreções há, concomitantemente, uma maior possibilidade de ocorrer uma virose. Nesse momento, o que eu posso lhe sugerir é um aumento de substâncias que possam melhorar a sua resposta imunológica.

Se você quer se prevenir, apresento em outro artigo (clique aqui para ler) o que pode ser feito para turbinar a sua imunidade.

Agora, se você já sente os primeiros sintomas de gripes e resfriados, a água oxigenada é uma excelente opção (clique aqui para ver o artigo onde explico a técnica).

Exercício no frio

Quando você se exercita em ambiente externo frio, a aumento da secreção nasal é um bom sinal. Significa que está havendo a umidificação do ar que se inala, e que o excesso de fluido está sendo jogado para fora de suas narinas.

 “Quando você se exercita em ambiente externo frio, a aumento da secreção nasal é um bom sinal!”

Uma preocupação muito comum é de que esse ar frio possa causar algum dano aos pulmões, mas isso é impossível! Só não aconselho se exercitar no frio caso tenha Asma, distúrbio circulatório (má circulação) ou problemas cardíacos, sendo nestes casos importante conversar com o seu médico.

Se esse não é o seu caso, ficam algumas dicas:

1)    Se o frio for intenso, até 5 graus, suas chances de congelamento são pequenas, porém abaixo de 15 graus negativos, evite o exercício externo, pois mesmo bem agasalhado se torna inseguro.

2)    Os sinais de congelamento são:

  • torpor;
  • formigamento;
  • sensação de queimadura;

E caso suspeite disso, volte para casa e aqueça a área gradualmente usando água morna ou proteja a região com um cobertor quente.

3) Caso esteja apresentando fala arrastada, intenso tremor, ou uma perda de coordenação vá para o hospital. Trata-se de uma hipotermia que se traduz em uma emergência médica.

4) Use roupas sintéticas, para que a umidade fique longe de sua pele.

A segunda camada deve ser de lã, para ajudar a isolar. O terceiro deve ser uma camada respirável, à prova d’água, para repelir o vento.

Evite algodão, pois ele perde o seu poder de isolamento quando suamos. Ao final dos exercícios, deve-se colocar roupas secas.

5) Cobrir as extremidades:

  • use luvas, sapatos com solas mais grossas e espaçosos para acomodar meias de lã térmica.
  • use um chapéu ou boné.
  • use uma máscara de face.

Se você está esquiando, lembre-se de usar um protetor solar, pois os raios UV são muito fortes no inverno.

Com essas dicas, certamente você ficará mais protegido contra o frio, bactérias, viroses e outros patogênicos. Além disso, seu sistema imunológico será ajudado, e as possibilidades de reação a alergênicos reduzida!

 

Referências bibliográficas:

  • American Academy of Otolaryngology — Head and Neck Surgery: “Post-Nasal Drip.”
  • Br J Sports Med. 2003
  • Chest, January 2006
  • The Journal of Laryngology & Otology, 2008
  • The Lancet, April 19-April 25, 2008.
  • Br J Sports Med. 2011 Sep;45(12):987-92.
  • MedSci Sports Exerc. 2002
Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER