Especiais

Porque a mulher japonesa não engorda?

Apesar da cultura moderna, tecnológica e industrializada no Japão, a incidência de obesidade ainda é baixa. Mas porque a mulher japonesa não engorda?

Porque o Japão é o país mais magro do mundo! As pesquisas mostram que as mulheres japonesas são, em média, 50% menos propensas a ser obesas do que as americanas.

Isso é incrível, principalmente quando observamos que o Japão tem um padrão de vida parecido como da Europa e da América do Norte. Veja só: eles têm a mesma agressão ambiental do mundo moderno, mas parece que o problema da obesidade não se espelhou lá!

Na verdade, um estudo observou que a taxa de obesidade está declinando no Japão, enquanto na maioria dos países desenvolvidos aumenta assustadoramente.

E fica a pergunta: Por quê?

Será que os japoneses são abençoados com “genes melhores”?

Pesquisando, só encontrei uma única anormalidade na alimentação japonesa – uma que comprovadamente inativa os genes de gordura e os deixa livres da obesidade!

Os cientistas descobriram uma proteína notável, encontrada em um tipo de alga japonesa, que ativa o metabolismo e faz com que as células queimem gordura para gerar energia… E o mais surpreendente: a queima não ocorre durante o exercício, mas durante o repouso!

Fucoxantina: queima de gordura em repouso

Chama-se Fucoxantina. É um extrato de alga marinha que foi descoberto por pesquisadores japoneses quase por acidente. Quando eles alimentaram os animais marinhos que estavam estudando com Fucoxantina, algo marcante aconteceu.

Uma proteína microscópica chamada UCP1, repentinamente ficou ativa. Mas, que proteína seria essa?

UCP1 – também conhecida como thermogenina, é a chave do nosso processo corpóreo de queima de gordura. E é isso que distingue a queima de caloria (boa) de gordura marrom, da ruim.

Voltando à pesquisa: os pesquisadores observaram que a Fucoxantina fez algo muito interessante… Algo considerado anteriormente “impossível”! Ela introduziu a proteína na gordura abdominal branca, reprogramando essas células gordurosas para agirem de forma diferente.

Em vez de acumularem e depositarem alimento como gordura, elas mimetizavam a gordura marrom. Traduzindo: a gordura abdominal se autodestruía, mesmo quando o corpo estava em repouso!

Essa é a forma segura que nutricionalmente o extrato de alga marinha ativa o seu metabolismo corpóreo de queima de gordura.Os mesmos pesquisadores mais tarde descobriram que Fucoxantina impede células de gordura potenciais de crescerem e tornarem-se células de gordura maduras em camundongos.

Ou seja, a Fucoxantina não só ajuda a queimar a gordura que já existe, mas também pode ajudar a prevenir a formação de futuras células gordurosas.

Um estudo clínico mostra que a Fucoxantina é efetiva para as pessoas também. No grupo de testes os resultados foram expressivos: houve perda em média de 8 kg em 4 meses, enquanto no grupo controle só houve perda de em média 1,5 kg no mesmo período.

Animador, não?

Converse com o seu médico sobre isso!

[divider]

Referências bibliográficas:

  • J. Agric Food Chem. 2006 Dec 27;54(20):9805-10
  • BBC News September 11, 2006
  • Biochim Biophys Acta. 2012 Jan; 1821(1): 113–123
  • Am J Clin Nutr. 2000;71:878-84
  • Ramazanov, Z. Effect of fucoxanthin on energy expenditure in obese women: a doble-blind, randomized and placebo controlled trial. Submitted for publication. 2008

 

Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)
Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER