Estética

6 Motivos para o aparecimento de manchas roxas no corpo

Há diversas razões que causam o aparecimento de manchas roxas pelo corpo, especialmente braços e pernas. A pele, quando é agredida, pode causar uma mancha roxo-avermelhada, que evolui para uma coloração preta e azul.

Na medida em que evolui, vai ficando esverdeada e marrom, conforme o corpo metaboliza as células sanguíneas e o pigmento de bilirrubina na pele. O aparecimento dessas manchas na verdade é uma equimose, o termo médico para uma contusão. Equimose é normalmente o resultado de algum grau de agressão aos vasos sanguíneos da pele.

É praticamente inevitável que, de vez em quando, você tenha esse tipo de problema.Porém, há diversos motivos por trás disso, desde a uma simples batida sem que se perceba ou a compressão do local do trauma por alguns minutos.

Razões para o aparecimento de manchas roxas no corpo

1- Envelhecimento.

Conforme você envelhece, a sua pele perde algumas camadas de gordura que agem como “almofadas”, amortecimento contra colisões e quedas. Paralelo a isso, a pele fica mais fina pela menor produção de colágeno

Assim sendo, impactos muito menos fortes causam equimose, o que não ocorria quando você era jovem..

2- Distúrbio do sangue

Problemas de coagulação, que ocasionam pequenas equimoses comuns nas suas canelas, causadas por sangramento fora de pequenos capilares. Isso pode ser por falha na coagulação! Caso se repita com frequência, converse com o seu médico, pois há situações como hemofilia e leucemia que podem gerar esse problema.

3- Diabetes

É muito comum ao diabético, pela resistência a insulina, que apresenta alterações de cor escura na pele, o que se supõe ser equimose.

4- Dermatose purpúrica

Condição vascular comum em idosos, causada por pequenas equimoses onde não ocorre a formação do coágulo constantemente.

Caso isso se repita com muita frequência, convém conversar com o seu medico. O uso de anticoagulantes, antiagregantes plaquetários ou mesmo Aspirina, altera a coagulação, o que causa equimose com maior facilidade.

5- Exercícios

O exercício intenso pode provocar lesão em micro capilares, promovendo sangramentos que se apresentam como equimoses. Além disso, nestes casos pode haver traumas que causem o problema.

6- Lesão solar

O excesso de exposição ao sol pode promover alteração da pele, o que permite mais facilmente o aparecimento de equimose.

Fatores importantes na prevenção

Como o motivo principal de haver essas manchas pode ser por fragilidade capilar, é aconselhável fazer uso de certos nutrientes que melhoram a parede dos vasos.

1- Bioflavanoides

Fortalecem as paredes dos capilares, tornando-os mais resistentes e flexíveis. Acrescente o aporte de bioflovanoides na sua dieta, usando vegetais de folhas escuras, alho, cebola e berries, além de outros vegetais e frutas.

Rutina e Hesperidina são bioflavanoides conhecidos por fortalecer os vasos sanguíneos, sendo usados em fórmulas para varizes e hemorroidas, funcionando muito bem nestes casos.

2- Vitamina C

A baixa ingestão de vitamina C está correlacionada com o aumento de equimose. Usar vitamina C associada com Rutina e/ouHesperidina melhora muito essa condição.

A vitamina C é importante na recuperação de lesões e na produção do colágeno, sem o qual os seus vasos sanguíneos estarão frágeis e sujeitos à ruptura.

Remédios naturais que aceleram a remissão das equimoses

  • Óleo de Arnica: usada por centenas de anos, tem ação anti-inflamatória e melhora o fluxo dos glóbulos brancos. Age reduzindo congestão sanguínea em equimoses, articulações e músculos. Usar diluído, pois na forma pura, por seu potencial, pode causar desconforto.
  • Compressa fria ou gelada: aplicar na área afetada, pois ajuda a reduzir o edema e a dor. Quanto antes for aplicada, melhor o resultado. Só tem eficiência no inicio do sangramento, pois quando já está instalada a equimose não haverá resposta.
  • Vinagre de Maçã: aplicar compressa quente ou fria de vinagre de maçã nas equimoses.       
  • Vitamina K: em uso tópico, a vitamina K pode ajudar na remissão das equimoses.

[divider]

Referências bibliográficas:

  • Am J Clin Nutr. 1981 May;34(5):871-6.
  • J Am Acad Dermatol. 1999 Aug;41(2 Pt 1):207-8.
  • Am J Clin Nut  May 6, 2015
  • Physorg July 13, 2010
  • New England Journal of Medicine August 30, 2012
  • National Institutes of Health September 24, 2012
Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva.
Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER