Saúde

Michael Phelps e as ventosas: o segredo da recuperação muscular

Impressionante como a Medicina Chinesa está em evidência nestas Olimpíadas do Rio de Janeiro, pelo fato de contar com Michael Phelps, o melhor nadador da história, como garoto-propaganda. Certamente você se perguntou o que seriam aquelas manchas roxas nos ombros do atleta, não é mesmo? Vou lhe explicar o que é. Trata-se da terapia com ventosas! Será que ele sente dor? Será que funciona?

Já nos Jogos Olímpicos de Beijing em 2008 os atletas olímpicos chineses e americanos, em especial na natação, usaram essa técnica, que vem se repetindo com sucesso. Como é feito? Existem duas técnicas:

1) Ventosas secas

Usando-se um pequeno copo de vidro especial, coloca-se fogo num chumaço de algodão dentro do copo e depois retira-o, altura em que a taça é rapidamente colocado sobre a pele. À medida que o calor se dissipa, cria-se um vácuo, que puxa a pele para cima, para longe do músculo. Esse copo fica fixo sobre uma determinada área até que seja removido.

Atualmente, já há alguns copos que vêm com uma bomba de vácuo, de forma que nenhum fogo ou calor é usado. Isso é o que os atletas olímpicos estão fazendo.

2) Ventosas molhadas

Neste caso, uma camada fina de óleo, geralmente um óleo essencial, é colocada sobre o corpo de modo que o terapeuta pode aplicar o copo e, em seguida, movê-lo facilmente para diferentes lugares, sem perder o vácuo. Essa técnica requer mais consciência e acompanhamento do profissional, que deve ter habilidade para movimentar o copo para outras áreas, abrangendo maior efeito de movimentação do sangue nos microcapilares.

Qual o segredo das ventosas?

Com a técnica, gentilmente aumenta-se o fluxo sanguíneo para uma área que apresenta dor ou inflamação. É bem útil em certas partes do corpo, como os ombros e braços de nadadores. Em termos de Medicina Chinesa tradicional, isso promove o fluxo livre de energia vital (chi) nestas áreas.

Será que o uso das ventosas causa dor?

Este procedimento é indolor e as marcas roxas, como aquelas que você viu no Michael Phelps, somem em poucos dias. Trata-se da exposição de microcapilares. Na verdade, elas liberam o fluxo de sangue, reduzindo edema, dor e acelerando a cura. Neste caso, aliviam-se os efeitos dos exercícios intensos e entorses. Segundo a medicina chinesa, isso ocorre aonde o sangue está estagnado.

Há muitos estudos que mostram eficiência das ventosas, usadas não só na China, mas também no Egito antigo. Elas podem ser utilizadas também em pontos de acupuntura em condições diversas, como herpes, paralisia de Bells, asma e dor no joelho, com bons resultados.

Para se submeter às ventosas, deve-se procurar um acupunturista licenciado e checar se tem experiência com ventosas. Há também muitos médicos quiropatas e terapeutas que fazem uso desta técnica. Porém, ela é contraindicada para indivíduos que fazem uso de anticoagulantes e gestantes a partir do 7º mês. Lembre-se: antes de se submeter a qualquer tratamento, converse com o seu médico!

 

Referências bibliográficas:

  • Livro Ventosa Terapia. Antônio Augusto Cunha. Ed. Ícone
  • Créditos da foto: Cid Barbosa
Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER