Alimentação

Melhore a resposta imunológica através de sua alimentação!

Conheça 12 alimentos que vão ajudar você

O inverno está aí.

É bom que você esteja preparado e com a saúde em dia para começar a enfrentar o encontro com pessoas espirrando, tossindo ou com coriza.

Dê atenção extra ao que está comendo e procure consumir alimentos que realmente podem lhe ajudar na melhora do seu sistema imunológico. Evite alimentos processados, grãos e açúcar e selecione alimentos que estimulem a sua imunidade.

Fazer uso de uma alimentação rica com os alimentos que vou abordar é muito melhor do que se tornar vitima de vacina da gripe que o expõe a situações de saúde bem pior do que a própria gripe.

Então, vamos lá!

 

1. Leite de animais criado a pasto, Tipo A2

O leite de vaca criado no pasto contém bactérias benéficas para estimular o seu sistema imunológico e pode reduzir alergias. Ele é uma fonte riquíssima de vitamina A, zinco, vitamina D e enzimas.

O leite do Tipo A2, que provem de vacas zebuínas como Gir leiteiro, Sindi e Guzerá são os ideais, pois são 100% A2.

Infelizmente, o gado europeu sofreu desnaturação a cerca de 10 mil anos tornando-se leite A1 que está relacionado com o autismo, diabetes, hipercolesterolemia, alergias etc.

Isso se refere à alteração de um aminoácido na proteína do leite, que causa toda essa manifestação clinica. Além disso, o leite contém gorduras boas que vão ajudá-lo na melhora das defesas imunológicas.

 

2. Whey Protein

Apesar de ser um produto derivado do leite, aconselho também, mas procure um Whey Protein de boa qualidade e, se possível, feito com leite de vacas criadas em pasto e que contenha o mínimo possível de aditivos químicos e adoçantes artificiais para que possa receber o máximo em benefícios de saúde.

O Whey Protein pode ajudá-lo a combater gripe e resfriados porque contém beta-glucans e imunoglobulinas, que protegem o seu sistema imunológico e auxilia no processo natural de desintoxicação.

 

3. Iogurte

Alimentos fermentados como o iogurte são grandes estimulantes para o seu sistema imunológico.

Os iogurtes apresentam bactérias que são extremamente benéficas para o seu trato digestivo, lembrando que 60% dos receptores imunológicos estão no intestino, e, portanto, o uso de iogurte (pela presença de lactobacilos acidophilus) é um poderoso agente contra os agentes patogênicos, além de colaborar na prevenção de anticorpos.

 

4. Ovos de galinhas caipiras

Os ovos de galinhas criadas soltas, mais conhecidas como galinhas caipiras, são uma fonte riquíssima de nutrientes de alta qualidade que normalmente as pessoas estão deficientes, especialmente proteína e gorduras.

 

5. Carne de gado criado a pasto

Essa recomendação é especial para os indivíduos que possuem o tipo metabólico proteína ou misto.

O gado criado a pasto tem mais vitamina A, vitamina E, ômega 3, betacaroteno, zinco e CLA do que apresenta o gado confinado. No caso específico do CLA, o gado criado em pastos possui cinco vezes mais esse estimulador imunológico.

O que chamamos aqui no Brasil de confinamento, nada mais é do que um acabamento, diferente do modelo de confinamento usado no exterior.

 

6. Óleo de coco

Além de ser benéfico para a sua tireóide e o seu metabolismo, o óleo de coco é rico em ácido láurico, que é convertido no seu corpo em monolaurin.

Monolaurin é, na verdade, o composto encontrado no leite materno e o responsável pelo fortalecimento da imunidade do bebê.

Um grande número de pesquisa tem mostrado a habilidade do ácido láurico na melhora imunológica.

Os triglicérides de cadeia média presente no óleo de coco destroem as membranas lipídicas de organismos agressores à nossa saúde.

Quando escolher óleo de coco tenha a certeza de que o produto é extra-virgem, não refinado, feito sem processo de aquecimento de químicos.

 

7. Vegetais

Procure consumir uma variedade de vegetais frescos, orgânicos e preferencialmente crus, pois nesses casos é onde se encontra um maior número de vitaminas, minerais, antioxidantes e enzimas.

 

8. Cogumelos

Os cogumelos fortalecem o sistema imunológico porque são ricos em proteína, fibra, vitamina C, vitamina B, cálcio e outros minerais.

Além disso, eles contêm beta-glucan, que sabidamente tem propriedades estimulantes do sistema imunológico e nos cogumelos de uso medicinal (especialmente Reishi, Shitake e Maitake) são notáveis na habilidade de aliviar e modular o sistema imunológico.

 

9. Clorela

Eis aí um alimento quase perfeito!

A clorela é uma alga unicelular que age desintoxicando eficientemente metais como o mercúrio. A clorela contém clorofila que a torna mais poderosa, aumenta a oxigenação, desintoxica o sangue e promove crescimento e a reparação dos tecidos.

 

10. Própolis

A própolis é uma resina da abelha e um dos compostos antimicrobianos de maior espectro de ação antimicrobiana, se não o maior. Além disso, contém ácido cafeico e apigenina, dois compostos fenólicos muito importantes na ajuda do sistema imunológico.

 

11. Chá

O chá verde é rico em polifenóis, na forma de químico natural chamado catequina. A catequina mais poderosa no chá chama-se epigalocatequina (EGCC), que segundo estudo chega a ser até 100 vezes mais poderosa como antioxidante do que as vitaminas C e E.

O chá verde com mais nutrientes é o tipo Matcha que pode ter até 100 vezes mais EGCC que o chá verde normal.

 

12. Alho

É incrivelmente benéfico para o sistema imunológico, pois é antibacteriano, antiviral e antifúngico. Pode ser consumindo diariamente, e mesmo assim não cria resistência a bactérias, vírus e fungos, ao contrário de antibióticos sintéticos.

Alho contém allicin, um químico que é anticarcinogênico. Ele reduz o colesterol ruim (LDL), diminui o colesterol total, diminui a pressão arterial, reduz seu risco de coagulação e derrames, reduz homocisteína e previne de picada de insetos.

Para maiores benefícios, o alho deve ser consumido fresco, pois os ingredientes ativos são destruídos em cerca de 1 hora após ser amassado. Em outras palavras, o alho em cápsula, é basicamente sem efeito terapêutico.

Com essa lista em mãos e todas as sugestões postas em prática, você vai garantir muito mais resistência ao seu organismo e passar o inverno numa boa!

 

Referência bibliográfica:

– Nutrition Science News.  Jan  2001

– Getting Real About the High Price  of Cheap Food.  Bryan Walsh.  Aug 21, 2009

– Sinal Verde para a Carne Vermelha. Dr. Wilson Rondó Jr.- Editora Gaia. 2011

Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER