Especiais

Lítio de baixa dose pode amenizar o forte desejo por álcool e ajudar a levantar o humor de alcoólatras e de seus parentes

Estudos sobre o uso do lítio como forma de reduzir o desejo em consumir álcool, bem como para alterar o humor, têm apontado resultados bastante favoráveis. Em 30 anos de prática médica, com orientação nutricional, muitos alcóolatras e seus familiares são orientados sobre a utilidade do lítio de baixa dose.

Na medicina tradicional o lítio é prescrito geralmente no formato de cápsulas de 300mg de carbonato de lítio que contêm aproximadamente 55mg de lítio elementar. É certo então, que um médico prescreverá de uma a duas cápsulas, três vezes ao dia, totalizando cerca de 165mg a 330mg de lítio elementar por dia. Acontece que quantidades altas assim precisam ser monitoradas com exames de sangue uma vez que há uma distinta possibilidade da existência de efeitos tóxicos para o organismo.

O meu conselho aos alcóolatras praticantes é que utilizem um total de 20mg a 30mg de lítio diariamente; aos alcóolatras não praticantes, eu recomendo 20mg. A maioria dos alcóolatras praticantes e não praticantes relatam uma melhora no humor e uma diminuição considerável no desejo de consumir bebidas alcóolicas. Entretanto, mesmo com o lítio de baixa dose é preciso tomar um suplemento de ácido graxo essencial e tocoferóis mistos, que ajudam a evitar uma overdose de lítio.

A maioria dos usuários enxerga uma mudança positiva no comportamento que frequentemente inclui menos depressão e irritabilidade pré-menstrual (ou não) nas mulheres, e menos irritabilidade e melhor temperamento nos homens. Já para uma minoria dos usuários, nenhuma diferença é percebida; nestes casos é recomendável que se pare de fazer o uso do medicamento.

Como sempre, as circunstâncias de saúde são bem diferentes, variando de pessoa para pessoa. Por isso, se está pensando em fazer uso do lítio de baixa dose e reconhece que isso pode ser bom pra você e para a sua família, considere também conversar com o seu médico para se certificar de que os níveis de lítio em seu sangue vão seguir de fora segura.

[divider]

Referências Bibliográficas:

  • New England Journal of Medicine, October 2009; 361(18): 1814
  • J Clin Psychiatry, August 1990; 51 (suppl 8):4-8.
  • Alcohol and Alcoholism, 1991; 26 (3): 309-314.
  • Alcohol Alcohol, 1993; 28 (3): 273-279
Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER