Atividade Física

Lançamento do Livro 20 Minutos e Emagreça

Os homens das cavernas não faziam corridas longas! Você tem sim algo a ver com isso!

De repente surge uma dúvida: afinal, qual é o padrão da Natureza para os humanos?

Vejamos! Há muitos e muitos anos, logo no período em que a humanidade começou a povoar o planeta Terra, o padrão usual para o exercício humano era o de correr tão rapidamente quanto fosse possível e somente o tempo necessário para apanhar o almoço – ou evitar ser o almoço de algum outro predador.

O levantamento de peso era feito somente quando tinha trabalho de verdade para ser feito.  Poucos (isso é se tivesse algum) indivíduos faziam corridas repetitivas e diárias.  Em outras palavras, os homens da caverna (e as mulheres também) não faziam corridas longas.

Não por acaso o seu coração e seus pulmões foram feitos para pequenos surtos de exercício intenso seguido de descanso.  E você aí se matando de tanto se exercitar!

Mas talvez isso não seja somente culpa sua, pois o que acabo de dizer é exatamente o oposto do que aqueles que eu chamo de gurus modernos do condicionamento nos dizem ser verdade.

Pare e pense em algum animal! Exatamente esse animal em que você pensou (ou qualquer outro) instintivamente se exercita em pequenos surtos seguidos de descanso. Ou será que você já viu um animal correr por horas a fio?  Existem estudos científicos que comprovam isso.

Você pode ler em meu livro “20 Minutos e Emagreça, que correr uma maratona cria uma tempestade inflamatória no corpo, idêntica aos primeiros sintomas de doença cardíaca.

Há um estudo em particular que descobriu que 35% dos maratonistas avaliados tinham níveis significantes de placa arterial, comparados a apenas 22% por cento de corredores não maratonistas.  Eis aí um risco aumentado em mais de 50%!

Outro estudo que fala sobre os profissionais de saúde de Harvard descobriu que a chave para diminuir o risco de doença cardíaca é a intensidade do exercício, não a sua repetição ou duração.

Isto é só o começo da evidência que apoia o programa de treinamento do meu novo livro, onde cito múltiplos estudos científicos que provam que surtos curtos de exercício intenso são melhores para restaurar a capacidade pulmonar, diminuir o risco cardiovascular e reduzir a gordura corporal enquanto aumenta os músculos. Mas, preciso assumir que o meu estudo favorito é de autoria do doutor Sears: “o estudo de gêmeas idênticas”.

Neste estudo, o Dr. Sears instruiu uma das gêmeas de 18 anos a seguir um programa de treinamento com tiros semelhante ao indicado no livro “20 Minutos e Emagreça”, enquanto que a outra irmã deveria praticar o exercício “cardio” tradicional.  A gêmea “cardio” corria até 16 quilômetros por dia, enquanto que a outra dava tiros de 150 metros, no máximo que ela podia, descansava e repetia o ciclo seis vezes.

Embora as gêmeas tivessem a mesma massa corporal magra e gordura corporal (24,5%) no começo de seus programas, após 16 semanas a gordura corporal da gêmea que fez os tiros diminuiu a apenas 10% e ela ganhou 4,5 kg de músculo.  A gordura corporal da gêmea “cardio” diminuiu para 19,5 %, mas ela perdeu 1 kg de músculo. Menos tempo, mais benefícios.

O programa também tem outros benefícios para a saúde, particularmente quanto se trata de uma das condições mais prevalentes da nação, a síndrome metabólica.

Você já leu sobre esta condição neste site e também viu como ela surge em resultado à resistência à insulina. Essa condição é caracterizada pelo excesso de peso, colesterol alto, triglicérides altos e pressão sanguínea alta (ou qualquer combinação destes sintomas).

Se seguir sem correção, a síndrome metabólica acaba levando à glicose sanguínea alta, quando é diagnosticada como plena diabetes tipo 2.  O exercício é uma parte importante na correção da síndrome metabólica, mas recomendações sobre o quanto e que tipo de exercício praticar tem sido bem variáveis.

No livro cito também a pesquisa especificamente feita sobre este tópico, na qual 32 indivíduos diagnosticados como tendo a síndrome metabólica praticaram Exercício Moderado Contínuo (EMC) ou uma versão de exercício intenso chamado Treinamento de Intervalo Aeróbico (TIA) três vezes por semana, por 16 semanas. Também houve um grupo de controle que não fazia exercício nenhum durante o período do estudo.

Até o final dessa pesquisa, os pacientes do grupo TIA tinham aumentado significantemente sua função pulmonar em até 36%. O grupo EMC, por outro lado, tinha aumentado a sua por apenas 16 %.  O TIA, aparentemente, também eliminou mais fatores de risco para a síndrome metabólico do que o EMC.  Ele foi superior ao EMC na melhora da sinalização de insulina na gordura e no músculo esquelético, bem como na redução de glicose e formação de gordura.

Baseando-se nestes resultados, os pesquisadores concluíram que “(…) o treinamento com exercício de alta intensidade é superior ao treinamento de intensidade moderada no que se refere a reverter os fatores de risco da síndrome metabólica”.

O programa “20 Minutos e Emagreça é de intensidade ainda mais alta que o programa TIA, usado no estudo acima.  Então, é muito provável que ele se sairá melhor ainda do que o TIA no que se refere a diminuir ou eliminar os sintomas da síndrome metabólica.

Como explico cuidadosamente em meu livro, é na verdade importante “ultrapassar” o exercício aeróbico, atingindo a fase “anaeróbica” para alcançar o máximo beneficio, tal como a melhora na função pulmonar e cardiovascular, construção de músculos e redução de gordura corporal.  Entrar na fase anaeróbica na verdade ajuda a “restabelecer” o metabolismo humano de uma forma que o exercício aeróbico não consegue.  O programa “20 Minutos e Emagreça foi projetado para realizar esta fase anaeróbica do exercício.

E por se tratar de exercícios de intensidade muito alta, convém lembrar que a sessão inteira deve durar somente 20 minutos.  Isto significa que você obtém uma quantia maior de músculo e menor de gordura corporal, isso sem falar no risco cardiovascular reduzido, capacidade pulmonar aumentada e a habilidade de melhorar ou eliminar a síndrome metabólica (se você a tiver). E o melhor! Tudo isso em uma fração do tempo que você gastaria na corrida de distância tradicional ou programa de levantamento de peso.

Quando você vê desta forma, copiar a Natureza com esse programa de treinamento não tem nem no que pensar. É só aderir!

[divider]

Então fica aqui um convite!

Venha saber mais no lançamento do livro “20 Minutos e Emagreça” que acontecerá no dia 07 de Outubro de 2013, na Livraria da Vila (Alameda Lorena, 1731, em São Paulo) das 18h30minh às 21h30min.

Você é meu convidado especial!

[divider]

Referências Bibliográficas:

– 20 Minutos e Emagreça. Editora Gaia, 2013

Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

4 Comments

  1. parabéns dr.Rondo
    pelo novo lançamento do livro “20 Minutos e Emagreça”
    muito obrigada por este site tao maravilhoso que tem nos ajudado e muito
    um dia ainda vou ter o privilegio de me consultar pessoalmente com o senhor
    pois já não aguento mais tantas dietas milagrosas que não me traz nenhum beneficio sofrimento e nada de emagrecer.
    te desejo muito sucesso neste novo lançamento
    abraço

Deixe uma resposta para carlos alberto da silva Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER