HOMEPAGE
 
Alguém está sempre mencionando uma nova descoberta ou um método científico revolucionário para tudo na vida. Mas nem sempre esses conhecimentos divulgados boca a boca têm algum embasamento.
Tire a dúvida, conhecendo alguns fatos já estabelecidos como verdadeiros ou falsos pela ciência médica.
 
1 · 2 · 3     início
 
A ameaça de enfarte pode ser detectada precocemente. Hoje, há um grande número de exames preventivos que indicam riscos cardíacos e apontam a necessidade de uma mudança no estilo de vida para suprimir o perigo. Alimentação correta, controle de peso, suplementos antioxidantes, exercícios moderados e tempo para lazer são os seus melhores aliados nessa batalha.
Um início de enfarte, ao contrário do que se acredita, nem sempre é identificável. Seus sintomas podem sugerir outras doenças, como crise de vesícula e refluxo gástrico. Os mais comuns são queimação no estômago, eventual diarréia, vômito, sudorese, dificuldade de respiração e dor intensa no peito, que se irradia pelo braço esquerdo até o punho. Na dúvida, procure socorro rapidamente.

 

Azeite de oliva é rico em ácidos graxos que reduzem o colesterol. O ideal é usá-lo no tempero de saladas e de outros alimentos frios. Quando o azeite é aquecido, porém, seus ácidos graxos se degradam facilmente, tornando-se tóxicos. Para frituras e cozimentos, portanto, prefira gorduras pobres em ácidos graxos. É o caso da manteiga e dos óleos de coco e de dendê. Margarina não é melhor do que manteiga para a saúde. Pelo contrário: ela induz à geração de radicais livres, diminui o bom colesterol e aumenta o ruim. Pesquisas realizadas na Finlândia relacionam seu consumo ao maior risco de desenvolvimento de doenças alérgicas, como a asma. A causa são as altas quantidades de gordura trans resultantes de seu processamento.

 

Vitaminas não engordam: geram energia, não caloria. São vitais para as transformações químicas que ocorrem no organismo, garantindo um metabolismo normal. Dieta equilibrada é essencial para se manter “vitaminado”, bem como suplementos alimentares, se necessário. Exercícios físicos aumentam a oxigenação das células. Como 5% do oxigênio respirado transformam-se em substâncias tóxicas, os radicais livres, cuidado: o exagero acelera o envelhecimento. Assim, nada de excessos. Bastam 40 minutos diários para manter a forma.
1 · 2 · 3     início
Destaques do mês
Índice geral por assuntos
HOMEPAGE
Currículo
A clínica
Filosofia & métodos
Serviços
Tira dúvidas
Guia de suplementos
Doenças de A a Z
Problemas Vasculares
Artigos publicados
Jornal da saúde
eLetter