Saúde

A impotência pode surgir em qualquer idade

Apesar do aumento das informações sobre sexualidade, a impotência continua cercada por mitos e tabus. Ainda é comum, por exemplo, relacioná-la à idade. E embora a dificuldade de ereção aflija duas vezes mais homens na faixa dos 70 anos do que aos 40, a causa não é a idade, mas a maior incidência de doenças crônicas que propiciam o problema, como diabetes, hipertensão, aterosclerose e altos níveis de colesterol. Outro mito é pensar que as taxas de testosterona alteram a capacidade de ereção.

Exceto em raros casos, a falta do hormônio masculino afeta apenas a libido, e não a circulação peniana e a ereção. Pouco se fala também dos conflitos emocionais e psíquicos que – estes, sim – respondem por 90% dos casos de impotência e requerem cuidados. Entre os fatores de risco, estão também o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, o tabagismo, o estresse eo abuso de exercícios. O diagnóstico depende de uma bateria de exames e convém investigar, inclusive, a existência de intoxicação por metais pesados. O importante é não deixar o problema seguir adiante e conversar francamente a respeito com o seu médico. Confira abaixo algumas substâncias que podem favorecer a vida sexual.

L-ARGININE favorece a produção de óxido nítrico, responsável pelo relaxamento muscular que gera a ereção e o aumento do fluxo sanguíneo no pênis (mesmo princípio do Viagra).

GINSENG também favorece a liberação de óxido nítrico.

ZINCO regula a testosterona e atua sobre a libido e a fertilidade.

COENZIMA Q10 e VITAMINA B12 aumentam a energia.

VITAMINA C aumenta a fertilidade e a potência.

MIURA PUAMA (ou marapuama) considerada um afrodisíaco no tratamento da impotência, tem eficiência comprovada pelo Instituto de Sexologia de Paris.

GINGKO BILOBA melhora a circulação nas artérias penianas.

Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER