Especiais

Gado criado a pasto pode ser uma solução para salvar o planeta

Você sabia que o nosso moderno sistema de agricultura é o grande responsável pelo aumento de dióxido de carbono na atmosfera e que esse aumento é ainda maior do que o provocado pela queima de combustíveis fósseis? Sendo assim, para encontrarmos uma resposta lógica aos problemas globais que estamos vivendo, precisamos entender como isso acontece.

Só existem três destinos para o carbono: a terra, a água e o ar. As nossas práticas agrícolas estão por sua vez, removendo quantidades enormes de carbono valioso da terra e transferindo-as para o ar e para a água.

Gerenciando o carbono

A concentração de CO2 se altera dependendo da estação do ano e de quanta fotossíntese está acontecendo. Quando estamos no período próximo da parte mais quente do ano, mais fotossíntese acontece devido a grande quantidade de plantas, e a concentração de CO2 tende a cair um pouco. Fica evidente que a fotossíntese, então, é a chave de tudo o que estamos falando.

Precisamos trazer o carbono de volta para o solo e estimular o processo da fotossíntese; em outras palavras, precisamos cultivar mais plantas.  As plantas são responsáveis por absorver CO2 que fabricam compostos de carbono que são puxados para baixo e entram no solo. Isso é o que chamamos de sequestro do carbono, que por sua vez é algo muito positivo.

Há na verdade mais carbono em solo terrestre do que em todas as plantas e na atmosfera juntas.  Entretanto, devido aos métodos modernos utilizados na agricultura, nós perdemos entre 50% e 80% do carbono que estava no solo.

O carbono é o principal componente da matéria orgânica do solo.  Ele é a substância boa que você quer na terra para fertilidade, além de ser fundamental na absorção da água tornando o solo resistente a inundações e secas.

A Importância da Pecuária Biológica de Alto Desempenho

Outro fator principal que precisa ser considerado é o manejo de animais.  As manadas criadas de acordo com as práticas modernas contribuem para a transformação da terra em deserto que, é claro, não permite a vida de plantas e, consequentemente, inibem a fotossíntese. Quando a terra vira deserto, ela não mais segura a água e perde a habilidade de sustentar a vida microbiana e de nutrir o crescimento das plantas.

A terra precisa dos animais da mesma maneira que os animais precisam da terra.

Quando os animais pastam eles estão mordiscando capim de uma maneira que expõe os pontos de crescimento desta planta à luz do sol e estimula o desenvolvimento. Já o fato dos animais caminharem sobre este capim promove a quebra de qualquer pedaço de terra encapado, fazendo com que o solo fique aerado; a pressão das sementes dando a chance de germinar, e então se tem uma maior diversidade de plantas; faz também com que o gado que pasta pressione o capim moribundo e em apodrecimento, que por sua vez promove a melhor atuação dos micro-organismos no solo; os detritos destes animais ajudam a fertilizar o solo.

Este relacionamento simbiótico natural entre animais, solos e plantas, aonde cada um se beneficia e beneficia o outro, é uma visão poderosa. Além dos benefícios ambientais, o gado alimentado com capim é também uma fonte excelente de carne de alta qualidade.  Aliás, é o único tipo de carne que eu recomendo, já que criar gado em confinamento altera a composição da carne.

Como podemos melhorar a saúde animal, humana e do planeta?

As recomendações são simples:

  1. Evite ter o solo nu.  Porque quando você tiver o solo descoberto e nu o processo da degradação da terra começa, e isso quer dizer que o carbono está se ligando com o oxigênio e tornando-se dióxido de carbono.
  2. O solo não é uma “coisa” estática.  É um sistema simbiótico vivo e os micro-organismos do solo também desempenham um papel muito importante neste sistema.  Quanto melhor você cuidar da fazenda, menos terra você precisa para a mesma produção.
  3. Outro fator é a importância de integrar os animais na terra.  A maioria dos pecuaristas deve entender isso. Eles precisam saber que para o solo alcançar seu potencial de produtividade e saúde ele precisa contar com animais sobre essa terra.

Mesmo que não parássemos de queimar os combustíveis fósseis, nós poderíamos ainda reverter o nível crescente de CO2 focando na nossa maneira de fazer pecuária, usando princípios saudáveis e de longa data, que é a criação do gado a pasto.

E mesmo que paremos de queimar combustíveis fósseis completamente, mas não mudarmos a agricultura, nós ainda teremos sérios problemas, tais como terras que estão se transformando em desertos, enchentes e secas.

Precisamos lidar com a nossa maneira de gerenciar as nossas terras e solos, para assim melhorarmos a saúde humana e do planeta.

[divider]

Referências bibliográficas:

– Sinal Verde para a Carne Vermelha.  Dr. Wilson Rondó Jr.

– Cows Save the Planet: And Other Improbable Ways of Restoring Soil to Heal the Earth. Judith D. Schwartz.  

Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER