Saúde

Evite que a Artrite Arruíne a Sua Vida

Se você quiser se livrar do mundo do vício de drogas para artrite, você precisará certamente mudar o enfoque.
Com frequência, os médicos bombam nos seus pacientes os tranquilizantes como se não houvesse amanhã, distribuindo-os para todo e qualquer pessoa da terceira idade que tem um joelho ou um pulso dolorido, ao invés de oferecer soluções REAIS que comprovadamente funcionam.

Estas drogas não apenas alimentam o ciclo do vício. Esses mesmos narcóticos deixarão você tão tonto que nem se lembrará do próprio nome… Tão tonto que você pode sofrer uma queda fatal e tão “alto” que você talvez nunca mais volte para o chão!

Os tratamentos convencionais prescritos ou recomendados aos pacientes com artrite incluem anti-inflamatórios não esteroides, fármacos antirreumáticos modificadores da doença, agentes biológicos como medicamentos para o fator de necrose tumoral (TNF) e corticosteróides.

Exemplos disso incluem prednisona, metotrexato e etanercepte. Infelizmente, essas drogas convencionais são potencialmente tóxicas e podem ter efeitos prejudiciais para sua saúde.

Os medicamentos prescritos não devem ser o tratamento final e completo da artrite, pois existem remédios naturais que os pacientes podem usar sem efeitos secundários adversos.

Então, esqueça os medicamentos e não aceite fazer nenhuma cirurgia por enquanto. Não maioria dos casos, você não precisa de nenhum dos dois.

Curas para artrite que realmente funcionam

Glucosamina e condroitina

Estes dois trabalham juntos como o Batman e o Robin, socando para fora a dor onde quer que ela ataque.
Mas muitos profissionais alegam que elas não valem nada.

Uma série de estudos da Bélgica prova que o duo dinâmico traz alívio da dor e reverte as calcificações de juntas, que são os marcos principais desta condição.

E outro estudo principal no New England Journal of Medicine descobriu que elas cortam o nível da dor pela metade em mais de 50% dos pacientes que as experimentam.

Sim, elas ALIVIAM a dor e até REVERTEM os danos nas suas juntas.

A glucosamina e a condroitina também podem aliviar a rigidez e restaurar o movimento, mas você tem que ser um pouco paciente com elas. Diferentes do Batman e Robin, que podem limpar uma cena do crime antes dos próximos comerciais, o duo dinâmico da glucosamina e a condroitina pode levar algumas semanas ou até alguns meses para começar a atuar completamente.

Confie em mim, vale a pena esperar um pouco.

Ômega-3

Útil pela sua potente ação anti-inflamatória, sem efeitos colaterais. Mas use um produto de alta qualidade, isento de metais tóxicos.

Garra do Diabo

Quando se trata de dores nas juntas, a garra do diabo é mais que um anjo vingador, porque um estudo de 2002 descobriu que ela é tão eficaz quanto a diacereína, uma droga para artrite largamente usada na Europa para dores nas juntas… Mas sem os riscos.

Também foi mostrado a sua capacidade de melhorar a mobilidade nas juntas comprometidas pela artrite. E, se isto não for suficiente, ela também é eficaz contra dores de cabeça e dor na lombar.

Naltrexona de baixa dosagem (LDN)

É uma opção barata, segura e não tóxica. Segundo relatórios médicos, a LDN pode aliviar a dor e conseguir que os pacientes se abstenham de tomar suas medicações contra a artrite.
Apesar de não ser um tratamento natural, propicia um alívio importante e é mais seguro do que os medicamentos tóxicos que são geralmente utilizados.

Cúrcuma

Este composto encontrado no açafrão ajuda a suprimir sintomas de artrite, atua como terapêutico para doenças autoimunes e possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. Pode ser adicionado aos smoothies diariamente, ou mesmo em suplemento alimentar.

Boswela

Fitoterápico que melhora o fluxo sanguíneo nas articulações, aumentando sua força e flexibilidade e ajuda a tratar a dor e a inflamação entre os pacientes com osteoartrite.

Gengibre

Esta raiz mostrou ser um bom antiinflamatório que pode efetivamente aliviar a dor da artrite. Pode ser adicionado aos smoothies diariamente, além de ser usado como chá, ou mesmo em suplemento alimentar.

Vitamina D

Nos processos de origem autoimune, é imperativo a suplementação de vitamina D, mantendo-a numa faixa terapêutica de 70 a 100 ng / ml. Porém a sua suplementação necessita de monitoramento, e lembre-se, é necessário também a vitamina K2, magnésio e cálcio.

Ecologia intestinal

Seu intestino controla cerca de 80% de sua resposta imunológica, portanto, é fundamental o equilíbrio das bactérias boas em relação às indesejáveis.

Para limitar o crescimento de agentes patogênicos intestinais, reduza virtualmente a zero açúcares refinados e alimentos processados.

Associe um probiótico de alta potência e de boa qualidade.

Pronto! Agora você tem opções aos remédios e seus efeitos colaterais. Converse com o seu médico sobre isso!

Referências bibliográficas:

  • Mayo Clinic, Rheumatoid Arthritis Pain
  • Good living with rheumatoid arthritis 2006, Arthritis Foundation of America, Atlanta, GA. 2005
  • The first year: Rheumatoidarthritis, Marlowe &Company, New York NY.2007
  • Clin Rheumatol, 1998;17:269-270
  • Scandinavian Journal of Rheumatology, 1995;24
  • Scottish Medical Journal, 1992;37:103-106.
  • Scandinavian Journal of Rheumatology, 2000;29
Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER