Alimentação

Evite a margarina, a banha vegetal e os patês. Você tem bons motivos para isso!

Todas as vezes que o assunto for qualidade de vida e hábitos saudáveis, pode ter a certeza de que vou tocar na tecla da alimentação. Alimentar-se bem e com alimentos saudáveis é a chave do sucesso para uma vida longa e sem maiores preocupações.

Sendo assim, leia com bastante atenção a este artigo e entenda o porquê de estar aconselhando que você abandone a margarida, a banha e os famosos patês.

O primeiro passo é você entender que existe uma miríade de componentes não saudáveis na margarina, bem como outros impostores da manteiga, que não trazem benefício algum para a sua saúde. São eles:

Gorduras trans:  Tais gorduras não naturais encontradas na margarina, na banha vegetal e nos patês são formadas durante o processo de hidrogenação, que transforma os óleos vegetais em gordura sólida.

As gorduras trans contribuem para a doença cardíaca, o câncer, problemas nos ossos, desequilíbrio hormonal, doença de pele, infertilidade, dificuldades em engravidar e problemas com lactação e baixo peso de bebês, problemas de crescimento e dificuldades de aprendizagem.

Um painel de cientistas do governo dos EUA determinou que as gorduras trans feitas pelo homem não são seguras em quantia nenhuma. Mas atenção! Pequenas quantidades de gorduras trans naturais estão presentes na manteiga e em outras gorduras, mas estas não são prejudiciais.

[divider]

Radicais livres:  Os radicais livres e outros produtos de degradação tóxica são o resultado de processamento industrial de óleos vegetais a alta temperatura.  Eles contribuem para numerosos problemas de saúde, incluindo o câncer e a doença cardíaca.

Vitaminas sintéticas:  A vitamina A sintética, entre outras, é acrescentada à margarina e aos patês.  Elas frequentemente têm um efeito contrário (e prejudicial) quando comparadas com as vitaminas naturais na manteiga.

Emulsificantes e conservantes: Numerosos aditivos de segurança questionável são acrescentados à margarina e aos patês.  A maioria das banhas vegetais é estabilizada com conservantes como a BHT.

Hexano e outros solventes:  Usados no processo de extração, estes químicos industriais podem ter efeitos tóxicos.

Alvejante:  A cor natural do óleo vegetal parcialmente hidrogenado é cinza. Então, os fabricantes usam alvejante para torná-lo branco.  A coloração amarela é então acrescentada à margarina e aos patês.

Sabores artificiais:  Ajudam a mascarar o sabor e o odor horrível de óleos parcialmente hidrogenados e fornecer o sabor falso de manteiga.

Mono e biglicéridos:  Estes contêm  gorduras trans que os fabricantes não são obrigados a listar no rótulo.  Eles são usados em altas quantidades nos assim chamados patês “com baixo trans”.

Proteína de soja isolada:  Este pó, altamente processado, é adicionado aos patês “com baixo trans” para encorpá-los.  Ela pode contribuir para a disfunção da tireóide, distúrbios digestivos e muitos outros problemas de saúde.

Esteróis:  Frequentemente, eles são acrescentados aos patês para dar a eles qualidades para baixar o colesterol.  Estes compostos com estrógeno podem causar problemas endócrinos e, nos animais, contribuem para a inversão sexual.

[divider]

É preciso ter em mente que a boa e tradicional manteiga, quando proveniente de vacas alimentadas com capim, é rica em uma substância chamada de ácido linoléico conjugado (ALC).

O ALC não só é conhecido por ajudar no combate ao câncer e à diabete, como pode também no auxílio à perda de peso, o que não pode se dizer sobre os substitutos de gordura trans.

Uma grande parte da razão pela qual a manteiga era, e continua a ser, vilificada é o fato de conter gordura saturada.  Se você ainda estiver preso na convenção de que a gordura saturada faz mal para a sua saúde, leia, por favor, a este artigo e aprenda por que a gordura saturada é realmente boa para você.

Aliás, a estas alturas muitos têm percebido que é a gordura trans encontrada na margarina, banha vegetal e óleos vegetais parcialmente hidrogenadas que é a verdadeira vilã, causando muito mais problemas de saúde que a gordura saturada jamais poderia.

Supere isso: a gordura saturada NÃO CAUSA doença cardíaca!

 

Referências Bibliográficas:

  • Atherosclerosis, Thrombosis and Vascular Biology July 2001
  • The New England Journal of Medicine November 20, 1997;337:1491-1499
  • Fats that heal, Fats that kill. UdoErasmos
  • The Weston A. Price Foundation
Previous ArticleNext Article
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

1 Comment

  1. Dr. Rondó, bom dia!

    Evito alimentos com gorduras TRANS; Todavia, após a menopausa, meu colesterol é alto. Tenho resistência em tomar estatinas “pro resto da vida”, o que, acredito, ter aumentado dores, principalmente, articulares.
    Leio publicações suas, desde o ano 2000.
    Gostaria, se puder, publicar algo sobre a manteiga ghee: como ela é aquecida,minha dúvida é se a mesma se tranforma em gordura saturada, nociva.
    Grata
    Leonilda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É gratis)!
QUERO RECEBER